Mundos de Dragões - Legado Ranger #03

Autor: Raphael Draccon
Série: Legado Ranger
Editora: Rocco (Selo Fantástica)
Páginas: 352
Onde Encontrar: AmazonBr | Submarino | Livraria Saraiva | Livraria Cultura

Sinopse: Liderados por um ranger americano e protegidos pela tecnologia criada por anões-alquimistas, um grupo de cinco pessoas sobrevive ao Cemitério, uma terra devastada por reptilianos, demônios e escravidão, e retorna para casa apenas para descobrir que eles levaram todo esse horror para a própria dimensão. Assim os dragões chegaram à Terra. Cidades foram queimadas, o pânico foi instaurado e líderes governamentais ficaram em choque diante de justiceiros que não respeitavam bandeiras nem fronteiras. Agora, um portal se abriu e a conexão entre as dimensões se fez. Em florestas de metal ou em bairros de concreto, gigantes de pedra e exércitos de monstruosidades espalham a devastação. Sem uma liderança clara, os cinco sobreviventes enfim se preparam para uma última batalha no coração do Japão. De um lado haverá um demônio-bruxa, crias infernais e Colossus de pedra. Do outro, armaduras de metal-vivo, sangue de dragão e robôs gigantes. Batalhas épicas e dramas intensos compõem Mundos de Dragões, terceiro e último livro da série Legado Ranger, um universo inspirado em uma versão adulta, violenta e politizada das antigas séries japonesas Tokusatsus, que marcaram a infância de toda uma geração.

Olá leitores e leitoras, espero que estejam curtindo bastante o carnaval e aproveitando para colocar leituras em dia e se divertirem. Enfim chegou o momento temido por muitos, o fim de uma trilogia. É muito difícil escrever sobre o fim de uma saga por diversos motivos, tanto quanto na relação com os spoilers e os novos leitores, que ainda estão dispostos a ler o primeiro livro e dar início a aventura, quanto pessoalmente, para mim, lidar com o final e dizer adeus a personagens queridos. E Mundos de Dragões, do brasileiro Raphael Draccon nos apresentou vários deles. Como sou apaixonada por sentais japoneses (e também Power Rangers), nos trazer livros, e bons livros, com essa temática foi incrível. Vamos a resenha e a um fim de mais uma trilogia?

Crave a Marca #01

Autora: Veronica Roth
Título original: Carve the Mark
Tradução: Petê Rissatti
Série: Crave a Marca
Editora: Rocco Jovens Leitores
Páginas: 480
Onde encontrar: AmazonBr | Americanas | Cultura | Saraiva | Submarino | Travessa


| Livro cedido em parceria pelo Grupo Editorial Rocco |


Sinopse: Cyra é a irmã de um tirano brutal que governa o povo Shotet. O dom-da-corrente que percorre o corpo da jovem lhe dá uma dor imensa, mas também um poder extraordinário – algo explorado pelo irmão, que a usa para torturar seus inimigos. No entanto, Cyra não é apenas uma arma nas mãos do irmão: ela é resiliente, ágil e mais esperta do que ele imagina.
Akos é da pacífica nação de Thuve e protegido por um dom-da-corrente incomum. Bondoso e extremamente fiel à família, quando ele e o irmão são sequestrados por soldados inimigos Shotet, Akos se desespera e decide fazer de tudo para resgatar o irmão com vida.
Agora, Akos se vê forçado a viver no mundo de Cyra, onde a inimizade entre seus países e suas famílias parece intransponível. Para salvar o irmão, ele encontra apenas uma saída: apostar nos poderes de Cyra. E ela, por sua vez, percebe que Akos é sua única chance de sobreviver à tirania familiar. Juntos, seus destinos podem decidir o futuro da galáxia. Mas será que confiarão um no outro? Ou acabarão se destruindo?
Crave a marca é um retrato deslumbrante de Veronica Roth sobre o poder da amizade – e do amor – numa galáxia repleta de dons surpreendentes. 

Comecei a ler as novas distopias por conta de minhas duas irmãs mais novas. A caçula me apresentou Jogos Vorazes (Resenha) enquanto a do meio preferia Divergente (Resenha). Não é o meu gênero favorito porque acho a fórmula muitas vezes repetidas, mas alguns títulos são realmente muito bons e entram na minha lista de favoritos.

Enfim, logo que vi o nome Veronica Roth entre os lançamentos da editora Rocco, fiquei interessada. A curiosidade só aumentou quando falaram que ela estaria lançando uma ficção científica! Obviamente, foi o primeiro título que pedi esse ano.

Mapa do sistema solar criado por Roth

Crave a Marca se passa em uma galáxia diferente da nossa. São nove planetas (Thuvhe, Othyr, Trella, Kollande, Tepes, Ogra, Essander, Zold e Pitha) girando ao redor de um Sol e protegidos pela Barreira do Fluxo-da-Corrente. Fora dessa barreira há alguns pequenos planetas, mas que não têm - ainda - a mesma importância por estarem na borda, fora dessa proteção “mágica”.

O Fluxo-da-Corrente envolve tudo, as pessoas e os planetas. É a energia que traz vida. E as pessoas conseguem utilizar o Fluxo-da-Corrente em forma de dons diferenciados. Há quem cicatriza os machucados instantaneamente, quem tem o poder de acalmar as pessoas, e até quem pode ver o futuro, ou melhor, todas as possibilidades de futuro. Nesse universo, há também os chamados afortunados. Esses são aqueles que em todos os diferentes futuros que os videntes enxergam, têm o mesmo “destino”.

Princesa das Águas - Princesas #03

Autora: Paula Pimenta
Título: Princesa das águas
Ilustração de capa: Renato Guedes
Série: Coleção Princesas
Editora: Galera Record
Páginas: 368
Onde encontrar: AmazonBR | Saraiva | Submarino



| Livro cedido como cortesia pelo Grupo Editorial Record |

Sinopse: Arielle Botrel é uma nadadora famosa, prestes a viver o maior desafio de sua vida: participar das Olimpíadas pela primeira vez. Porém, ao contrário do que todos pensam, ela não possui tudo que deseja. Por ser a filha caçula de uma grande família, a garota é muito protegida e, apesar das medalhas e dos troféus, sonha com uma vida diferente, onde possa ser livre. Até que um dia um acidente faz tudo mudar. Arielle é apresentada a um mundo diferente... E nele existe alguém que vira sua vida de cabeça para baixo. Porém, para conquistá-lo, ela terá que abrir mão de sua voz. Será que Arielle vai conseguir conquistar esse príncipe sem palavras? E se no coração dele já existir outra princesa?

Esse livro foi uma surpresa tão bonitinha! Eu fiquei muito feliz com a oportunidade de lê-lo. Então, obrigada à Galera Record pela oferta. Antes de falar do livro em si, gostaria de contar um pouquinho da mágica do cosmos que rolou na semana que passei com ele. Eu nunca li Paula Pimenta. Esse foi literalmente meu primeiro contato com a escrita da autora, e eu adorei cada segundo! Outro fato interessante: eu não fazia ideia de que tínhamos releituras de contos de fadas nacionais.

Como vocês podem se lembrar, eu sou completamente apaixonada pelas obras da Sarah J. Maas, cujos livros são inspirados em contos de fadas. Recentemente, também comecei uma história de amor com Marissa Meyer e suas Crônicas Lunares, cujas histórias são releituras de contos de fadas. Então você entende porque acredito tanto no cosmos. Eu adoro releituras de princesas e, quando olhei essa cortesia parada na estante, não me aguentei.

O mundo dos humanos - lá é uma bagunça.

Os Tambores do Outono, parte I - Outlander #04

Autora: Diana Gabaldon
Título original: Drums of Autumn
Tradução: Carolina Caires Coelho
Série: Outlander
Editora: Arqueiro
Páginas: 576
Onde encontrar: AmazonBr | Americanas | Cultura | Saraiva | Submarino | Travessa


Sinopse: Será possível alterar o passado?
Após tomar a difícil decisão de deixar a filha no século XX e viajar no tempo novamente para reencontrar seu grande amor, Claire Randall tem mais um desafio: criar raízes na América colonial do século XVIII ao lado de Jamie Fraser. Eles partem rumo à Carolina do Norte para encontrar um novo lar e contam com a ajuda de Jocasta Cameron, tia de Jamie e dona de uma propriedade na região.
Enquanto isso, em 1969, Brianna Randall se une a Roger Wakefield, professor de história e descendente do clã dos MacKenzie, para encontrar as respostas sobre as próprias origens e sobre Jamie, o pai biológico que nunca conheceu.
Em meio às buscas, ambos encontram indícios de um incêndio fatal envolvendo os pais de Brianna. Mas Roger não pode lhe contar isso, porque sabe que a namorada tentaria voltar no tempo e salvá-los. Por outro lado, Brianna também não compartilha sua descoberta, pois tem certeza de que Roger tentaria impedi-la.

Começo essa resenha avisando que como falarei sobre a primeira parte do quarto volume da série Outlander, obviamente, poderá conter spoilers das edições anteriores (A Viajante no Tempo, A Libélula no Âmbar, O Resgate no Mar - parte I e O Resgate no Mar - parte II).

Os Tambores de Outono, assim como o livro anterior (O Resgate no Mar) e provavelmente todos os próximos títulos da série Outlander, será dividido em duas partes. 
Neste primeiro tomo, encontramos novamente com Claire e Jamie Fraser finalmente juntos na América em 1767. Embora Claire tenha reencontrado seu amado, ela sente muita falta da filha dos dois, Brianna que ficou no século XX.

Jamie & Claire = S2

Junto com o casal, estão Ian, o sobrinho deles, e o fiel Fergus, que deixou a esposa Marsali grávida na Jamaica até ter certeza que era seguro levá-la para América.
O grupo tem como destino um local chamado River Run, em algum ponto acima do rio de Wilmington, onde vive o tio de Jamie, Hector Cameron. Mas a viagem da Georgia até o destino final não será nada fácil.

O Último Olimpiano - PJ #05



Autor: Rick Riordan
Título original: The Last Olimpian
Tradução: Raquel Zampil
Série: Percy Jackson e os Olimpianos 
Editora: Intrínseca
Páginas: 384
Onde encontrar: AmazonBr | Saraiva | Submarino 

Sinopse: Os meios-sangues passaram o ano inteiro preparando-se para a batalha contra os titãs, e sabem que as chances de vitória são pequenas. O exército de Cronos está mais poderoso que nunca, e cada novo deus ou semideus que se une à causa confere mais força ao vingativo Senhor do Tempo. Enquanto os olimpianos se ocupam de conter a fúria do monstro Tifão, Cronos avança em direção à cidade de Nova York, onde o Monte Olimpo está precariamente vigiado. Agora, apenas Percy Jackson e seu exército de heróis podem detê-lo. Nesse quinto livro da série, o combate que pode acarretar o fim da civilização ocidental ganha as ruas de Manhattan, e Percy tem a terrível sensação de que sua luta, na verdade, é contra o próprio destino. Revelada a sinistra profecia acerca do décimo sexto aniversário do herói, ele enfim encontra seu verdadeiro caminho.
Você consegue escutar os coros de aleluia? Eu consegui, pessoal, conclui a série Percy Jackson e os Olimpianos. Finalmente a Carol poderá trazer para vocês as resenhas de Os Heróis do Olimpo que ela tanto queria! Eu, obviamente, assim que vi a oportunidade, comprei o box da segunda série do tio Rick porque minha vida estava sendo ameaçada por Milla, uma amiga querida que também torceu muito para que eu concluísse essas primeiras cinco leituras. 

“O fim do mundo começou quando um pégaso pousou no capô do meu carro.”, Percy, p. 9

O Livro de Memórias

Autora: Lara Avery
Título Original: The Memory Book
Tradução: Flávia Souto Maior
Editora: Seguinte
Páginas: 392
Onde Encontrar: AmazonBr | Livraria Cultura | Submarino

| Livro cedido em parceria pela Grupo Companhia das Letras |

Sinopse: Sammie sempre teve um plano: se formar no ensino médio como a melhor aluna da classe e sair da cidade pequena onde mora o mais rápido possível. E nada vai ficar em seu caminho — nem mesmo uma rara doença genética que aos poucos vai apagar sua memória e acabar com sua saúde física. Ela só precisa de um novo plano. É assim que Sammie começa a escrever o livro de memórias: anotações para ela mesma poder ler no futuro e jamais esquecer. Ali, a garota registra cada detalhe de seu primeiro encontro perfeito com Stuart, um jovem escritor por quem sempre foi apaixonada, e admite o quanto sente falta de Cooper, seu melhor amigo de infância de quem acabou se afastando. Porém, mesmo com esse registro diário, manter suas lembranças e conquistar seus sonhos pode ser mais difícil do que ela esperava.

Olá leitores e leitoras. Recebemos "O Livro de Memórias" da Companhia das Letras, e a capa, tão linda, logo nos chamou a atenção. Quando escolhi ler o livro, mergulhei de cabeça na leitura e mesmo sendo mais uma história do gênero sick lit, a história escrita pela Lara Avery me surpreendeu.

Nossa protagonista é Samantha McCoy, ou Sammie, e a narrativa em primeira pessoa nos leva diretamente ao mundo através de seus olhos. Olhos de uma garota extremamente inteligente, que apesar de não ser popular, se destaca por seus dons. Um deles, inclusive, é ter uma memória exemplar e saber usá-la com sabedoria. Sammie está pronta para se formar no ensino médio, o tão temido, e a corajosa menina não vê a hora de seguir os planos que traçou para sua vida. Até que uma enorme barreira surge em seu caminho.


Estranho Irresistível - Cretino #02

Autora: Christina Lauren
Título original: Beautiful Stranger
Tradução: Felipe Vieira
Série: Cretino
Editora: Universo dos Livros
Páginas: 288
Classificação: +16
Onde encontrar: AmazonBr | Submarino | Saraiva

Sinopse: Após ser traída, Sara Dillon se muda para Nova York em busca de agitação e paixão sem compromisso. É assim que ela encontra um sexy e irresistível britânico dançando em uma boate que não deveria significar nada além de uma noite de diversão. Mas a maneira – e a velocidade – com a qual ele acaba com suas inibições está prestes a transformar essa relação em algo arrebatador.
A cidade inteira sabe que Max Stella ama as mulheres. Isso não significa que ele tenha encontrado uma que realmente desejasse manter por perto.  Apesar de atrair muito com seu charme de bad boy da Wall Street, é só quando Sara aparece em sua vida que ele começa a se perguntar se existe alguém para estabelecer uma relação fora do quarto.

Esses livros são tão rapidinhos para ler. Com certeza, uma distração bem-vinda em meio a livros pesados ou sem continuação prevista que lemos. Comecei as resenhas da série Cretino em 2016 e planejo trazer todas para vocês ainda ano! O intuito é nos distrair um pouquinho com o talento dessas duas autoras para contarem uma história arrebatadora de desejo e redescobertas.

Conforme nosso infográfico, já acompanhamos Bennet e Chloe se conhecendo em Cretino Irresistível e noivando em Cretina Irresistível. Agora, no segundo volume da série, veremos Sara Dillon, diretora financeira da Ryan Media Group, e Max Stella, um empresário do ramo de arte em Nova York. Eles  se conhecem numa boate e, a partir daí, não conseguem mais se manter afastados um do outro.
“A previsível Sara que sempre fazia aquilo que todos esperavam dela. Eu não queria mais ser essa pessoa. Eu queria ser irresponsável, selvagem, jovem. Eu queria viver para mim mesma pela primeira vez na minha vida.” Sara, pos. 278

Um Gato de Rua Chamado Bob

Autor: James Bowen 
Título original: A Street Cat Named Bob
Tradução: Ronaldo Luís da Silva
Editora: Novo Conceito
Páginas: 208
Onde encontrar: AmazonBr | Americanas | Cultura | Saraiva | Submarino | Travessa

| Livro cedido em parceria pelo Grupo Editorial Novo Conceito |

Sinopse: James é um músico de rua lutando para reerguer-se. Bob é um gato de rua à procura de um lugar quente para dormir. Quando James encontra Bob no corredor de seu prédio, não tem ideia do quanto sua vida está prestes a mudar. Ele, despretensiosamente, cuida de Bob e, depois, permite que o gato siga seu caminho, imaginando que nunca o verá novamente. Mas Bob jamais o abandonaria... “Um Gato de Rua Chamado Bob” é uma sensação internacional, permaneceu na lista dos mais vendidos na Inglaterra por 52 semanas consecutivas e foi publicado em 26 países ao redor do mundo. Uma história comovente de superação sobre uma improvável amizade entre um homem e o gato que o adotou e transformou sua vida completamente.

Eu amo gatos. Eles são animais extremamente inteligentes, sensíveis e companheiros. Embora muitas pessoas gostem de dizer que “gatos não amam seus donos de verdade”, a ciência e muitos vídeos no Youtube comprovam que isso é uma grande mentira. Os gatos são apenas diferentes nas formas de demonstrar seu afeto. Então, quando recebemos várias novidades da Novo Conceito, logo vi e peguei para mim a nova edição de Um Gato de Rua Chamado Bob, com a capa do filme. Apenas por causa do gato mesmo, confesso.

Confira o trailer:


O livro, que originalmente foi publicado em 2012, ficou mais de 50 semanas na lista dos mais vendidos da Inglaterra e se tornou um best-seller internacional. O autor, James Bowen, conta em Um Gato de Rua Chamado Bob como um gato salvou sua vida e o ajudou a se recuperar do vício das drogas.

Bob e James Bowen
Logo no início do livro James nos explica que está passando por um tratamento para se livrar do vício da Heroína, vivendo em um apartamento extremamente rústico e pagando as contas (aluguel, luz e alimentação) com apresentações na rua. Ele é um músico e todo dia sai com sua guitarra para tocar próximo a estação de Covent Garden, em Londres. James ganha pouco, mas está dando para sobreviver pelo menos.

Mas a história começa de fato com a descoberta de James de um gato laranja dormindo na porta do apartamento vizinho. Depois de ignorar o animal por dias, ele percebe que o laranjinha está com a aparência cada vez mais fraca e doente, assim decide ajudá-lo. 
James logo descobre que o gato não tem dono e que também carrega uma grande ferida de mordida de cachorro em uma das patas. O músico leva o gatinho para casa, cuida como pode dele e no dia seguinte o leva para o veterinário. James gasta então todo o dinheiro que tinha em remédios para o bichinho.

Seguidores

No Instagram @bloglohs

Vem pro Facebook