A Caminho do Altar - Os Bridgertons #08

Autora: Julia Quinn
Título original: On the way to the wedding
Tradução: Viviane Diniz
Série: Os Bridgertons
Editora: Arqueiro
Páginas: 320
Onde encontrar: AmazonBr | Americanas | Cultura | Saraiva | Submarino | Travessa


| Livro cedido em parceria com a Editora Arqueiro

Sinopse: Ao contrário da maioria de seus amigos, Gregory Bridgerton sempre acreditou no amor. Não podia ser diferente: seus pais se adoravam e seus sete irmãos se casaram apaixonados. Por isso, o jovem tem certeza de que também encontrará a mulher que foi feita para ele e que a reconhecerá assim que a vir. E é exatamente isso que acontece.
O problema é que Hermione Watson está encantada por outro homem e não lhe dá a menor atenção. Para sorte de Gregory, porém, Lucinda Abernathy considera o pretendente da melhor amiga um péssimo partido e se oferece para ajudar o romântico Bridgerton a conquistá-la.
Mas tudo começa a mudar quando quem se apaixona por ele é Lucy, que já foi prometida pelo tio a um homem que mal conhece. Agora, será que Gregory perceberá a tempo que ela, com seu humor inteligente e seu sorriso luminoso, é a mulher ideal para ele?
A caminho do altar, oitavo livro da série Os Bridgertons, é uma história sobre encontros, desencontros e esperança no amor. De forma leve e revigorante, Julia Quinn nos mostra que tudo o que imaginamos sobre paixão à primeira vista é verdade – só precisamos saber onde buscá-la.

Nem acredito que enfim cheguei ao último Bridgerton solteiro! Para quem não sabe ainda, a série Os Bridgertons, da fofíssima Julia Quinn, é uma das minhas queridinhas há anos! Já tinha lido (e relido algumas vezes) os primeiros livros antes mesmo da Arqueiro, responsável pela publicação de todos os títulos no Brasil, anunciar o lançamento da saga.

Então, é com muito prazer e um pouco de aperto no coração (nunca é fácil terminar uma série) que resolvi pegar o oitavo livro, focando na vida romântica de Gregory Bridgerton - o último solteiro da família.


Capas da série Os Bridgertons no Brasil


Enfim, este último livro, A Caminho do Altar, se passa quatro anos depois do sétimo volume da série (Um Beijo Inesquecível), nos apresentando todos os Bridgertons muito felizes e casados, com exceção de Gregory (o penúltimo a nascer entre os irmãos) que continua solteiro. 
Ao acompanhar o decorrer do tempo na linha cronológica dessa família por tantos anos é simplesmente impossível não associar Gregory ao garotinho brincalhão que vivia aprontando junto de sua irmã mais nova, Hyacinth. E por conta disso é até mais tocante perceber o tipo de homem que o menino se tornou. 

Os irmãos Bridgertons no início da série

Por ser o mais novo dos irmãos, Gregory sempre sentiu que precisava provar seu valor. Todos os filhos homens encontraram uma profissão adequada. Anthony é o mais velho, o visconde e o responsável pela família (e pelos agregados). Benedict é um artista de sucesso e Colin se tornou um escritor famoso. Mas Gregory ainda não descobriu sua verdadeira vocação - embora já saiba que nunca poderá ser um militar já que tem a pior mira da família (todas as irmãs e os irmãos ganham dele com uma pistola). Enquanto espera algum sinal do destino sobre seu futuro, o jovem vive uma vida modesta com sua mesada e aproveita os prazeres que todo inglês solteiro pode se dar ao luxo (jogos, bebidas e mulheres). 

Mas tudo muda quando, em uma visita à casa de campo de Anthony e Kate, visconde e viscondessa Bridgerton, ele conhece a srta. Hermione Watson.

Gregory olhou ao redor, tanto à procura de algo para comer quanto de alguém conhecido, de preferência sua cunhada Kate, a quem a etiqueta dizia que devia cumprimentar primeiro. Mas, de repente, ele viu...
Ela.
Ela.
E ele soube. Teve certeza de que era ela. Ficou congelado, paralisado. Não perdeu o fôlego de repente; em vez disso, o ar pareceu escapar lentamente até não lhe restar mais nada e Gregory ficou ali parado, querendo mais.
Não podia ver o rosto dela, nem mesmo o perfil. Só viu suas costas, a curva perfeita do pescoço, um cacho de cabelo louro caindo pelo ombro.
E tudo em que conseguiu pensar foi... Estou acabado.
Gregory, p. 16

Para mim, você é perfeita

Foi uma paixão alucinante à primeira vista e, infelizmente, unilateral também. Isso porque a srta. Watson está apaixonada pelo sr. Edmonds, o secretário do pai dela! Um romance que certamente geraria muita fofoca se fosse de conhecimento da sociedade britânica.

E é aí que conhecemos Lady Lucinda Abernathy, a melhor amiga da srta. Watson. Lucy vê em Gregory um pretendente muito melhor que o sr. Edmonds e decide ajudá-lo a conquistar Hermione!
Lucy e Gregory criam uma amizade facilmente e a conversa flui entre ambos, mas despertar os sentimentos da srta. Watson não será tão fácil assim. Até porque Gregory não é o único interessado em ganhar o coração de Hermione.

-O senhor pode esperar, então - disse ela, dando de ombros. - Ou pode continuar tentando cortejá-la. Ela não terá oportunidade de ver o Sr. Edmonds por pelo menos um mês, e acho que... com o tempo... talvez ela perceba...
Mas ela não terminou. E ele queria saber.
-Perceba o quê? - pressionou Gregory.
Lucy levantou os olhos, como se arrancada de um sonho.
-Bem, que o senhor... que o senhor... é muito melhor do que os outros. Não sei por que ela não consegue ver. É bastante óbvio para mim.
Lucy e Gregory, p. 71

A situação ganha uma reviravolta quando o irmão mais velho de Lucy, Richard Abernathy (conde de Fennsworth), aparece trazendo notícias angustiantes! O tio de Lucy formalizou seu noivado com o futuro conde de Haselby - um homem até agradável, mas que a garota tinha visto apenas uma vez na vida. Por mais prática que a jovem seja, ainda desejava poder pelo menos aproveitar uma temporada em Londres e participar de bailes e sarais antes da rotineira vida que teria como o condessa de Haselby. E a notícia também não seria tão difícil de ser digerida caso Lucy não estivesse se apaixonando por um certo sr. Bridgerton.

Com muita confusão, encontros escondidos, paixões desenfreadas, chantagens e alguns Bridgertons intrometidos, Gregory viverá a maior aventura de sua vida para encontrar, amar e ser correspondido pela mulher certa!!


A Caminho do Altar é um dos melhores livros da Julia Quinn que já tive o prazer de ler!! Esse último título é rico em reviravoltas e histórias complementares que tornam o enredo ainda mais rico. É uma daquelas obras que você simplesmente não desejará largar até terminar a leitura. Eu fiquei tão encantada que o li em um único dia! *-*

Nosso Gregory irá se transformar de um rapaz para um homem. Ele irá se apaixonar, terá algumas perdas que o tornarão uma pessoa melhor e aprenderá a correr atrás do que realmente deseja (e precisa) para ser feliz. Além de realizar também que seus irmãos o amam e o respeitam simplesmente por quem ele é. Afinal, os Bridgertons formam uma das melhores famílias da literatura! <3

Lucy, nossa mocinha da história, também passa por um grande processo de transformação. Sempre prática, ela aceitava bem o que o futuro lhe reservava e se preocupava apenas em fazer todos à sua volta felizes. Mas, quando o amor chega e ganha espaço em sua vida, ela começa a desejar muito mais para si. Lucy intercala essa transformações entre momentos racionais e emocionais até aceitar seus sentimentos e começar a tomar as rédeas de sua vida. Embora muita coisa aconteça e atrapalhe seus planos, a jovem continua nesse processo que a tornará uma grande mulher.

A família Bridgerton completa

Enfim, estou feliz por saber que esse oitavo livro não é um adeus final aos queridos Bridgertons já que a Arqueiro já se comprometeu de lançar em novembro de 2016 The Bridgertons: Happily Ever After, um livro que reúne uma série de segundos epílogos de todos os irmãos dessa família incrível, além de trazer um conto extra sobre Violet, a famosa matriarca.

Caso tenha dúvidas sobre a série ainda, ela é mais que recomendada!!




9 comentários :

  1. Oi Carolina!
    Estou até triste em ler A Caminho do altar, só porque vai terminar a série que amo tanto. Achei fofo o Gregory estar a procura do grande amor. Confesso que no decorrer da série não me apeguei a todos os personagens, infelizmente. Mas mesmo assim, é uma série muito boa e nos faz percorrer caminhos novos, amar os romances de época como eles merecem. Já fico imaginando como será a confusão intrometida da família Bridgertons, já que o Gregory é o último a se casar, rsrs.
    Só está faltando esse livro pra mim. Espero ter a oportunidade de lê-lo logo.

    PS: Fiquei imensamente feliz em saber que a Arqueiro vai lançar Happily Ever After *-* Não vejo a hora...

    Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Oie Carolina!
    Julia Quinn arrasando com seus romances de época né...Estou doida pra começar a série! Sou apaixonada por esse gênero, á cada resenha q leio da série me apaixono ainda mais!!
    Não vejo a hora de ler!
    Bjs!!

    ResponderExcluir
  3. Oi Carol,

    adorei a resenha! Eu amo os livros da Julia, apesar de que gosto mais dos primeiros dessa série. A caminho do altar foi uma boa despedida para a saga, mas não me apeguei tanto ao casal dessa vez, apesar que adorei o jeito da Lucy!

    Beijos!
    Participe do sorteio e concorra a um ingresso para a Bienal do Livro de SP
    http://www.mademoisellelovesbooks.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi, Carolina!!!
    Como leitora ávida de romances de época estou mega ansiosa para ler o último livro da Série dos Os Bridgertons!!! Amei a resenha!! Adoro os livros de Julia Quinn!!
    Beijosss

    ResponderExcluir
  5. Ainda não li essa saga, mas quando tiver um tempo vou dar uma chance.
    As capas nunca me atraíram muito a atenção, pelo jeito terei 8 livros pra ler e correr atras do tempo

    ResponderExcluir
  6. Os Bridgertons foram os meus primeiros romances de época, e ainda são os meus favoritos <3 louca pra ler, adoro! A resenha só fez a vontade aumentar :3

    ResponderExcluir
  7. O meu sonho de consumo é compra o box dessa série super apaixonante e lindo ♥ Amo livros época e esse com certeza é o melhor livro da série, além da capa maravilhosa =D

    ResponderExcluir
  8. Por incrível que pareça ainda não li nenhum livro dessa série, mas pretendo ler pois é muito bem elogiada, embora é muito livros rs. Deve ser bem inusitado esse livro, pois a moça no começo gosta de outro será um desafio para ele conquistá-la, sem falar nos desentendimentos que parece ter.

    ResponderExcluir
  9. Para mim A caminho do autar é o livro mais romantico de toda a série, adoro o livro do inicio ao fim, autora tem uma maneira de escrever que é única e que torna especial todas as suas obras.
    Bom saber que a Arqueiro vai lançar ainda esse ano The Bridgertons: Happily Ever After, estava já me perguntando se isso ia acontecer.

    ResponderExcluir

Obrigada por fazer quatro blogueiras felizes, seu comentário e sua opinião são muito importante pra nós! Todas as visitas e comentários serão retribuídos.

(Comentários contendo ofensas e palavras de baixo calão não serão aceitos).

Seguidores

No Instagram @bloglohs

Vem pro Facebook