#Mês da Fantasia: Entrevista com Renan Carvalho

Renan Carvalho com a primeira edição de Supernova, publicada pela Novo Século - Foto: Divulgação

Como esse é um mês muito especial para nós do #blogLOHS, pretendemos trazer aos nossos leitores uma enxurrada de informações e novidades, além de alguns sorteios, com o enfoque no gênero fantástico. Neste #MêsdaFantasia, o primeiro entrevistado é o brasileiro Renan Carvalho.

Formado em marketing, Renan é autor da série Supernova. Com dois livros publicados, O Encantador de Flechas em 2013 e A Estrela dos Mortos agora em 2015, a saga já tem uma previsão de lançamento do terceiro volume, O Satélite de Ferro, para 2017.

O autor confessa que trabalho no universo de Supernova desde os 12 anos, inspirado por jogos de RPG, desenhos animados, quadrinhos e alguns best sellers, como Harry Potter e Jogos Vorazes.

Seu primeiro livro, O Encantador de Flechas, surgiu de uma reflexão de Renan sobre o Brasil e os problemas enfrentados por tantos brasileiros. A cidade de Acigam – palco da história – traz uma soma dos maiores infortúnios que encontramos até hoje no país, como falta de infra-estrutura, impostos altos, corrupção e serviços públicos precários. Você pode checar a resenha aqui.

Nós queríamos saber um pouco mais sobre a história, a série e o próprio autor, por isso checamos com o Renan se ele teria como participar de uma entrevista para o blog. E agradeço mais uma vez por ele abrir um tempo em sua agenda corrida e responder nossas questões.

Espero que vocês se divirtam tanto quanto nós!

O Encantador de Flechas pela Novas Páginas - Foto: Divulgação

Livros Ontem, Hoje e Sempre: Como você trabalha em Supernova desde os 12 anos, você acabou mudando a história muitas vezes? Poderia nos dizer as principais mudanças?

Renan Carvalho: Algumas vezes. Tanto a história como os personagens amadureceram muito desde de sua concepção. Por exemplo, Leran e Luana não eram irmãos na primeira versão, há mais de 10 anos. Os silenciadores também não existiam.

LOHS: Quando você sentiu que o livro estava realmente pronto para ser publicado? Como foi o processo?

Renan Carvalho: O primeiro passo foi ter a vontade de transformar a história em um livro. E isso só veio em 2011. Depois fui atrás de cursos para me ajudar a escrever o livro. Por fim, dividi o trabalho com algumas pessoas do mercado para ter um parecer mais profissional. Nessa última parte eu recebi um feedback muito positivo. Foi aí que pensei: "É, tem futuro isso aqui".

LOHS: A primeira edição de O Encantador de Flechas saiu pela Novo Século e depois você o relançou pelo Selo da Novo Conceito, Novas Páginas. Como foi essa mudança de editoras? A nova edição tem melhorias?

Renan Carvalho: Exato. A nova edição tem algumas melhorias, tanto em cenas, como em alguns trechos. Além disso, a nova edição vem com ilustrações e um capítulo extra da Judra, coisas que não tínhamos na primeira.
A mudança de editora foi algo necessário para continuar crescendo com a série. Meu contrato na primeira era bem simples e se referia apenas a uma tiragem experimental. Na segunda, a tiragem foi bem maior, o que permitiu levar o livro a mais leitores, com mais apoio em divulgação e distribuição.

LOHS: Em O Encantador de Flechas, você explica que os avanços científicos conquistados pela humanidade foram tão grandes que os seres humanos aprenderam a manipular esses elementos. Então, como que a população de Acigam se permitiu retroceder em relação à ciência?

Renan Carvalho: Acigam sempre foi atrasada, mesmo antes do fechamento dos muros. A ciência das energias era algo que permeava apenas uma parcela da população, os comerciantes, a classe média. Quando os muros fecharam, eles tentaram impedir o governo, mas foram brutalmente repreendidos. Os silenciadores vieram depois para lacrar de vez esse conhecimento e garantir que as pessoas ficassem longe do controle dos elementos.

LOHS: O primeiro livro tem um tom de distopia, com a cidade de Acigam isolada do resto do mundo e sem evolução. Com sua inspiração nos amplos mapas de RPGs, foi difícil se prender a um único local? Como foi o processo de sair da fantasia e entrar na distopia?

Renan Carvalho: A história precisava de uma introdução. Não era possível apresentar o mundo de Supernova de uma única vez, com todos os lugares que a história tem. O leitor ficaria perdido. Seria muito mais difícil trabalhar os personagens. 
A trama de Acigam é importante, pois em um cenário mais restrito, foi possível desenvolver os personagens principais, dando o pontapé no plot de toda a saga. Apesar de "O Encantador de Flechas" ter esse tom distópico, ele possui a principal parte dos livros de fantasia: a magia.

LOHS: Nosso protagonista, Leran, é meio que obrigado a fazer um intensivão mágico para acompanhar o ritmo dos rebeldes que lutam. Em um treinamento normal, quantos anos um mago precisa treinar até estar capacitado para combate?

Renan Carvalho: Depende muito das técnicas que ele quer aprender. Por exemplo, no segundo livro, temos os paladinos. Eles treinam por anos para ficarem aptos a lutar. Mesmo os magos de Acigam são iniciantes nos conceitos do controle. O que se vê do lado de fora é uma vida muito mais integrada à magia. E, nesse caso, as pessoas acabam tendo contato com ela desde criança. Mas costumo dizer que uma especialização no controle é como uma profissão. Você precisa de alguns anos de estudo e muitos outros de prática para se tornar realmente bom.

Renan Carvalho na Bienal do Rio neste ano lançando A Estrela dos Mortos - Foto: Divulgação

LOHS: Você acabou de lançar A Estrela dos Mortos, o segundo livro da série Supernova. Os problemas de Leran e Luana continuam, mas agora estão sem a família e os amigos. Como é essa nova etapa para os irmãos?

Renan Carvalho: Os dois precisam aprender a trabalhar mais juntos. E isso é algo difícil para o Leran. Ele ainda vê a irmã como alguém que deve ser protegida, poupada. Mas aos poucos, a relação deles também amadurece e a ideia é que eles consigam lutar juntos, combinando suas habilidades.

LOHS: Os irmãos irão conhecer muitos lugares novos? Como foi a criação de locais evoluídos na ciência e na magia?

Renan Carvalho: Muitos lugares novos. Os lugares do mundo de Supernova são variados. E são neles que o leitor vai perceber as grandes referências de games e RPG. Costumo fazer pesquisas para cada cidade e lugar que coloco no livro, aprofundando costumes locais, arquitetura e magias específicas desenvolvidas por cada povo. Um exemplo é o Buraco e o povo do Polo Terra que vive em uma imensa cidade escavada no subsolo rochoso do deserto. Esse lugar tem como referência um pouco dos Gorons de "The Legend of Zelda" e também de pessoas do Oriente Médio do nosso mundo real.

LOHS: Leran, por viver em uma cidade fechada do resto do mundo, não tem muito conhecimento teórico sobre a magia. Vamos ter mais aulas agora?

Renan Carvalho: Assim como na vida real, Leran estará sempre aprendendo. Cada livro trará oportunidades para ele desenvolver ainda mais seu dom de encantar objetos. Ele aprenderá desde novas técnicas e elementos até trabalhar com outros materiais e armas, sem ficar apenas nas flechas de ponta de cobre.

LOHS: Por enquanto, o terceiro livro de Supernova, O Satélite de Ferro, está previsto para 2017. Pode nos adiantar um pouco sobre o que esperar no futuro da saga?

Renan Carvalho: O Satélite de Ferro mostrará alguns dos principais vilões da saga. Também dará a introdução para o conflito principal, que até então está ocultado pelas ambições dos inimigos que já apareceram. Muitos dos personagens queridos do primeiro livro estarão de volta no terceiro. 
Acho que o leitor pode esperar por uma trama complexa que vai se desenrolando aos poucos, tanto na parte macro (a guerra, as Estrelas, etc) quanto na parte das relações entre os personagens.

LOHS: Falando sobre o futuro, pretende escrever outras histórias dentro do mesmo universo de Supernova? Ou talvez em algo diferente? Já tem planos?

Renan Carvalho: Tenho alguns planos para histórias dentro e fora de Supernova. Mas no momento estou focado na série, inclusive trabalhando e estudando formas de levar a saga para outros meios, que não apenas os livros. Vamos ver :)



Ficou interessado, mas ainda não tem os livros? Aproveite para participar do concurso cultural que o autor e a editora Novas Páginas estão promovendo nas redes sociais. O vencedor vai levar para casa os dois livros e um colar da série. Mais informações aqui.

Carolina e Amanda

41 comentários :

  1. Eu não conheço os livro do autor, mas vou ler a resenha que fizeram e ver se me interesso. De qualquer forma, gostei da entrevista. Parabéns por ela. xD

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!! Espero que se interesse pelos livros. ;)

      Bjs

      Excluir
  2. Ainda não conhecia os livros, mas parece ser muito bom e espero um dia publicar um livro também. Amei o Blog.

    ResponderExcluir
  3. :o Não acredito que demais! Quero muito ler esse livro.

    Atenciosamente Um baixinho nos Livros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou! Espero que goste do livro também! :)

      Bjs

      Excluir
  4. Nossa Carolina! Tive o prazer de conhecer o Renan Carvalho na bienal e achei ele muito simpático, atencioso além de gato é claro, rsrs... fiquei muito entusiasmada com a premissa dos livros e pretendo ler o mais rápido possível. Adoro esse gênero e o pessoal tá comentando bastante sobre eles.
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Vania!!

      Ele é muito simpático mesmo e tivemos sorte dele arrumar um tempinho para responder nossas perguntas!
      Espero que goste dos livros também!

      Bjs

      Excluir
  5. MDS, esse blog é MT kawaii! Adorei o layout *----*
    E o Renan é sensacional, diga-se de passagem! Ainda não comprei A Estrela dos Mortos mas necessito :3
    Parabéns pelo blog, tá lindo!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!! Fico muito feliz que tenha gostado!

      Também não li ainda A Estrela dos Mortos, mas estou ansiosa. O livro está me esperando na prateleira.

      Bjs

      Excluir
  6. A minha ansiedade para ler A Estrela dos Mortos é muito grande, eu amei O Encantador de Flechas!


    Autor de A Página Certa
    www.laplacecavalcanti.com

    ResponderExcluir
  7. Não conhecia o autor nem seus livros, mas espero realmente que ele faça muito sucesso. Fiquei muito curiosa com os livros, vou procurar saber mais sobre eles, especialmente o A Estrela dos Mortos que me deixou muito curiosa :3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rita!

      Espero que aproveite a leitura quando começá-la!

      Bjs

      Excluir
  8. Oi, meninas!
    Eu adoro os livros da série Supernova.
    Já li os dois e estou quicando de ansiedade pelo terceiro.
    Adoro a escrita do Renan e o universo que ele criou.
    Muito bom conhecer um pouquinho mais sobre ele e ter pelo menos um vislumbre do que podemos esperar pelo próximo livro.
    Legal saber que tem muito de RPG na história.
    :)

    Beijoooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Teca!

      Estou curiosa pelo segundo ainda. Hahaha
      Mas te conto o que achar depois que ler.

      O universo de Supernova é muito interessante mesmo. Fico imaginando o que virá no futuro.

      E acho que quase todas as fantasias têm uma pegada de RPG, viu? Hahahahaha
      Eu sinto muito isso nos livros que leio do gênero.

      Bjs

      Excluir
  9. Foi muito bom conhecer um pouquinho da história do autor com suas obras e claro, sobre o futuro delas, o que me deixou mais curiosa para conhecer sua escrita e seus personagens criados.
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Alê!

      Fico feliz que tenha gostado da entrevista. Espero que se divirta com os livros também!

      Bjs

      Excluir
  10. Oi Garotas,
    Gostei muito da entrevista e com ela fiquei com vontade de ler o livro, pensar que ele nasceu a tanto tempo e somente a pouco está sendo dividido com o mundo, dá uma sensação de compartilhar algo grande.
    Fiquei me perguntando quando livros a série terá?

    Belas perguntas...ótimas respostas.

    Beijos Elis
    http://amagiareal.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Elis!

      Fico feliz que tenha gostado! Foi um grande prazer fazê-la também. :)

      Não faço ideia de quantos livros serão, mas já sabemos tem 3 pelo menos! Hahaha

      Espero que goste da história também!

      Bjs

      Excluir
  11. Parabéns pela entrevista muito boa, li o encantador de flechas e gostei, preciso comprar o próximo rs. Nossa pelo visto os próximos estão cheios de novidades e muita ação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Maria!

      Também estou muito curiosa pelos próximos livros. Com certeza terão muita ação! Hahaha

      Bjs

      Excluir
  12. Muito massa a entrevista. O Renan aparenta ser super gente boa. Ainda não cheguei a ler os livros lançados, mas desde o lançamento de "O Encantador de Flechas" que fiquei interessado. Fiquei surpreso ao saber que essa história existe há mais de 10 anos. Que bom que ele resolveu publica-la. Espero que a série faça bastante sucesso.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Dom!

      Fico feliz que tenha gostado da entrevista. O Renan foi muito bacana mesmo.
      A história mudou muito nesses anos, mas acredito que para o melhor. Agora temos que checar a continuação! ;)

      Espero que goste da história quando tiver uma chance de lê-la!

      Bjs

      Excluir
  13. Carolina e Amanda!
    Li os dois livros esse ano e confesso que estão os melhores no gênero para mim.
    Deu para sentir que a escrita no segundo livro melhorou muito mesmo, porém fiquei apenas intrigada porque Leran ficou mais em segundo plano...
    A entrevista está ótima, porque pude conhecer um pouco melhor de como foi a criação dos livros e já estou aqui no aguardo do terceiro.
    Sucesso para o autor!
    “Sentir é criar. Sentir é pensar sem ideias, e por isso sentir é compreender, visto que o Universo não tem ideias.” (Fernando Pessoa)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista de Dezembro, serão 6 livros e 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rudy!

      Fico feliz em saber disso! E mais ainda de descobrir que o segundo livro melhora! Hahahaha
      Estou curiosa pelo Estrela dos Mortos ainda, então ficarei mais curiosa pelo terceiro depois! xD

      Bjs

      Excluir
  14. Li diversos comentários positivos em relação a esse livro, pretendo ler.
    Gostei muito da entrevista pois é sempre bom conhecer um pouco mais sobre os autores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou da entrevista, Mariele!
      Espero que também goste dos livros. :)

      Bjs

      Excluir
  15. Parabéns pela entrevista! Gostei bastante da história, ainda não tenho os livros, mas vou ler com certeza!

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Fico feliz que tenha gostado!
      Foi um grande prazer fazê-la! :)

      Espero que goste dos livros também!

      Bjs

      Excluir
  16. achei bem bacana a entrevista e saber um pouco sobre processo de criaçao do livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sempre muito interessante conhecer um pouco mais sobre a história e o autor ou autora, né?

      Fico feliz que tenha gostado!

      Bjs

      Excluir

  17. Olá!!
    Amei Amei preciso nem dizer o quanto meus olhos brilham quando vejo algo sobre Super Nova e/ou sobre o Renan Carvalho, me apaixonei pelo Encantador de Flechas e claro fui pesquisar tudo sobre a vida da pessoa que criou essa historia tão fascinante, e que descobri o quão encantador o Renan é que moço lindo minha gente, não foi difícil me apaixonar por ele também, e não me canso de declarar isso por aí, o mais triste é que ainda não li o segundo livro que desesperador...
    Amei a entrevista o Renan é um amor.
    Bjocas!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. opa esqueci ... #Leituradeverão

      Excluir
    2. Olá, Rose!!

      Fico muito feliz que tenha gostado tanto da obra do Renan! É sempre legal ter um ídolo nacional. Espero que consiga ler logo o segundo livro e que se apaixone mais ainda!

      Bjs

      Excluir
  18. Oi meninas!
    Já tinha lido a resenha do livro dele aqui no blog e gostei muito pq o livro é bem recheado de ilustrações. Gostei de saber que ela veio em novo selo, pq o livro estava fazendo sucesso. Tomara que ele consiga levar a série para outros meios de comunicação :)
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Vivian!

      O livro é muito legal mesmo. Desejo muito sucesso ao autor! :)

      Bjs

      Excluir
  19. Já tem um tempo que estou querendo lê algo do autor. Excelente entrevista. Acho fundamental o apoio a nossa literatura, as vezes damos tanto valor as coisas de fora, sendo que temos autores tão bons aqui que acabam não tendo o espaço que merece, por ter um imenso talento, parabéns pela iniciativa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelos elogios, João!!
      Nós acreditamos que todo livro bom deve ser divulgado, independentemente dele ser nacional ou internacional.

      Espero que tenha a oportunidade de ler Supernova em breve!

      Bjs

      Excluir
  20. Parabéns pela entrevista ...
    Já tinha ouvido falar do autor e sobre seus livros e eu sempre tive um certo interesse, mas infelizmente ainda não tive a oportunidade de ler nenhum dos livros .

    ResponderExcluir
  21. Oi!
    Muito legal a entrevista, e sempre bom ver o ponto de vista do autor sobre o livro e poder saber como essa historia começou e quero ler essa serie !!

    ResponderExcluir

Obrigada por fazer quatro blogueiras felizes, seu comentário e sua opinião são muito importante pra nós! Todas as visitas e comentários serão retribuídos.

(Comentários contendo ofensas e palavras de baixo calão não serão aceitos).

Seguidores

No Instagram @bloglohs

Vem pro Facebook