#Mês da Fantasia: Por Trás dos Livros - J. K. Rowling


Olá leitores e leitoras! No último dia de 2015, vim apresentar para vocês um post muito especial pra mim, que é um pouco da história de uma das autoras que mais admiro, e que me inspirou muito a me tornar uma leitora apaixonada e amante do gênero fantasia: J. K. Rowling. Vamos conhecer um pouco mais de sua história?

A Vida de J. K. Rowling



No dia 31 de Julho de 1965, em Yate, na Inglaterra, nascia Joanne "Jo" Rowling. Joanne nasceu em uma família simples mas muito amorosa. Foi criada ao lado de sua irmã Dianne, pelos pais James e Anne Rowling e os amados avós paternos, Kathleen Rowling e Ernest Arthur Rowling. Os pais da futura escritora de Harry Potter se conheceram na estação King's Cross, em Londres, onde mais tarde seria um dos cenários conhecidos mundialmente por todos os seus leitores.

#Mês da Fantasia: O Cavaleiro dos Sete Reinos

Autor: George R. R. Martin
Título Original: A Knight Of The Seven Kingdoms
Tradução: Marcia Blasques
Editora: Leya
Páginas: 416
Onde Encontrar:
Submarino | AmazonBr | Fnac
Sinopse: Duzentos anos após a Conquista, a dinastia Targaryen vive seu auge. Os Sete Reinos de Westeros atravessam um tempo de relativa paz, nos últimos anos do reinado do Bom Rei Daeron. É neste cenário que Dunk, um menino pobre da Baixada das Pulgas , tem uma chance única: deixar a vida miserável em Porto Real para se tornar escudeiro de um cavaleiro andante. Quando adulto, o cavaleiro morre e Dunk decide tomar seu lugar e fazer fama no torneio de Campina de Vaufreixo. É quando conhece Egg, um menino de dez anos, cabeça totalmente raspada, que é muito mais do que aparenta ser. Dunk aceita Egg como seu escudeiro e, juntos, viajam por Westeros em busca de trabalho e aventuras. Uma grande amizade nasce entre eles – uma amizade pela vida toda, mesmo quando, anos mais tarde, os dois personagens assumem papéis centrais na estrutura de poder dos Sete Reinos.

Fazia muito tempo desde que li As Crônicas de Gelo e Fogo. Li o quinto livro em 2011 quando a editora Leya o lançou no mercado. Eu admiro o George R.R.Martin e seu mundo caótico, mas realista em vários aspectos, e gosto de sua escrita. Em O Cavaleiro dos Sete Reinos, podemos observar Westeros noventa anos antes de A Guerra dos Tronos, e ter uma noção maior de como as casas, a história e o rei do Trono de Ferro mudava constantemente (e muda até hoje rs).

Neste livro, que é a junção de três contos, somos apresentados ao escudeiro Dunk. Nascido na Baixada das Pulgas, em Porto Real (capital e onde o rei vive), órfão e sem perspectiva, sua vida muda quando conhece um cavaleiro, Sor Arlan de Centarbor . O nobre, porém pobre cavaleiro precisava de um novo escudeiro, pois o seu jovem primo que o servia havia morrido em uma batalha. É aí que a história de ambos se cruza e Dunk, um menino sujo e mendigo, ganha um sopro de vida.

#Mês da Fantasia: Os Caçadores de Sombras | Rapidinha


Série Shadowhunters da ABCFamily, estreia em 12 de janeiro de 2016
Olá, pessoal! Nosso #MêsdaFantasia está quase no fim e eu não poderia não escrever sobre essa mulher maravilhosa, autora de séries simplesmente fantásticas e inesquecíveis. Se você ainda não conhecem o trabalho da Cassandra Clare, por favor, o que está esperando? Ela é uma autora incrível, com mundos, enredos e personagens absolutamente tocantes. Tenho certeza de que você não se arrependerá ao dar uma chance para alguns de seus livros em sua prateleira. 

Os Caçadores de Sombras, Shadowhunters, são o assunto da nossa Rapidinha de hoje. Será um texto livre de spoilers, portanto, leitores de primeira viagem, podem ficar tranquilos! Espero que gostem tanto quanto eu! Até a próxima!

#Mês da Fantasia: O Ladrão de Raios - PJ #1


Autor: Rick Riordan 
Título Original: The Lightning Thief
Tradução: Ricardo Goveia
Série: Percy Jackson
Editora: Intrínseca 
Páginas: 400
Onde Encontrar: Saraiva | Extra | AmazonBR
Sinopse: Primeiro volume da saga Percy Jackson e os olimpianos, O ladrão de raios, esteve entre os primeiros lugares na lista das séries mais vendidas do The New York Times. O autor conjuga lendas da mitologia grega com aventuras no século XXI. Nelas, os deuses do Olimpo continuam vivos, ainda se apaixonam por mortais e geram filhos metade deuses, metade humanos, como os heróis da Grécia antiga. Marcados pelo destino, eles dificilmente passam da adolescência. Poucos conseguem descobrir sua identidade. O garoto-problema Percy Jackson é um deles. Tem experiências estranhas em que deuses e monstros mitológicos parecem saltar das páginas dos livros direto para a sua vida. Pior que isso: algumas dessas criaturas estão bastante irritadas. Um artefato precioso foi roubado do Monte Olimpo e Percy é o principal suspeito. Para restaurar a paz, ele e seus amigos - jovens heróis modernos - terão de fazer mais do que capturar o verdadeiro ladrão: precisam elucidar uma traição mais ameaçadora que a fúria dos deuses.

Eu já havia lido esses livros quando eu tinha uns 14 anos. E eu lembro que gostei bastante, dei risada e tudo o mais. Só que por algum motivo, eu parei de lê-los e me esqueci basicamente de tudo o que aconteceu. Então, enquanto eu decidia quais livros iria resenhar, me lembrei na hora da minha história inacabada com Percy Jackson. Na Black Friday aproveitei e comprei o box (o que tem as capas ligadas) lindo que eu tanto admirava nas livrarias. 

Quando ele chegou em casa, a primeira coisa que fiz foi testar o ligamento das imagens na capa. Claro que deu tudo certo; as edições da Intrínseca são incríveis, porém não me acostumei ainda com o cheiro do papel, é muito forte. Tirando esse detalhe não encontrei mais nenhum ponto negativo no primeiro volume. Espero que continue assim nos próximos! 

Feitas essas considerações, que tal nos aventurarmos por um mundo incrível? Rick Riordan é um autor sensacional; ele soube juntar história, fantasia e contemporaneidade de uma maneira maestral. Eu me lembrei de todos os motivos pelos quais ri e, com certeza, seguirei fielmente com a série e, claro, trarei as resenhas para vocês!
"Se você é uma criança normal, que está lendo isto porque acha que é ficção, ótimo. Continue lendo. Eu o invejo por ser capaz de acreditar que nada disso aconteceu.
Mas, se você se reconhecer nessas páginas - se sentir alguma coisa emocionante lá dentro -, pare de ler imediatamente. Você pode ser um de nós. E, uma vez que fica sabendo disso, é apenas uma questão de tempo antes que eles também sintam isso, e venha atrás de você.
Não diga que eu não avisei." Percy, p. 9

#Mês da Fantasia: João & Maria

Autor: Neil Gaiman
Ilustrações: Lorenzo Mattotti
Título original: Hansel & Gretel
Tradução: Augusto Calil
Editora: Intrínseca
Páginas: 56
Onde encontrar: AmazonBr | Americanas | Cultura | Saraiva | Submarino | Travessa

Sinopse: O prestigiado escritor Neil Gaiman e o brilhante ilustrador Lorenzo Mattotti se encontram para recontar o clássico João e Maria. Familiar como um sonho e perturbador como um pesadelo, o conto narra a saga de dois irmãos que, em tempos de crise e falta de esperança, são abandonados pelos próprios pais e precisam enfrentar com coragem os perigos de uma floresta sombria.
Em um texto poético, Gaiman revive a tradição dos contos de fada, dando profundidade à aventura dos irmãos, mas sem abandonar a autenticidade e o talento único de mesclar realismo e fantasia que o transformaram em um dos maiores autores de sua geração. Mattotti, por sua vez, dá um ar inteiramente novo ao clássico. Seus traços criam um jogo de luz e sombra, permitindo que o leitor desvende aos poucos a imagem, assim como os segredos da história de João e Maria.

A clássica fábula dos dois irmãos, João e Maria, continua a mesma. O livro apresenta como João acorda no meio da noite e escuta seus pais discutindo sobre a falta de comida e a solução encontrada seria abandonar as crianças na floresta para que pelo menos o casal sobreviva.

João, sabendo o que iria acontecer, pega pedrinhas brancas no riacho e marca todo o caminho de percorrido. Então, quando a noite chega e os dois irmãos percebem que o pai não voltará para buscá-los, eles encontram o caminho de casa seguindo as pedrinhas iluminadas pelo luar.

Mas quando o pai se prepara para levar as crianças novamente à floresta, João não consegue pegar pedrinhas brancas e os dois irmãos, abandonados na escuridão da mata, se perdem em meios aos caminhos sem trilhas. Até que João e Maria encontram uma casa de doces no meio da floresta e a velhinha que morava lá os engana e os aprisiona. A intenção dela é engordar o menino para assá-lo e comê-lo! 

Maria, presa por uma corrente no tornozelo, tem que usar toda a sua inteligência para salvar seu irmão e a si mesma da velha bruxa.

#Mês da Fantasia: Cartas do Papai Noel

Autor: J. R. R. Tolkien
Título original: Letters from Father Christmas
Organização: Baillie Tolkien
Tradução: Ronald Eduard Kyrmse e Monica Stahel
Editora: Martins Fontes
Páginas: 168
Onde encontrar: AmazonBr | CulturaMartins FontesSaraiva | Travessa 

Sinopse: Todo mês de dezembro, um envelope com um selo do Polo Norte chegava para os filhos de J. R. R. Tolkien. Dentro dele, uma carta escrita à mão com letra trêmula e estranha e um lindo desenho colorido. Isso tudo era do Papai Noel, narrando histórias incríveis sobre a vida no Polo Norte. Desde a primeira carta para o filho mais velho, em 1920, até a comovente última carta para a caçula, em 1943, este livro reúne todas as memoráveis cartas e desenhos que Tolkien fez para os filhos em uma edição primorosa.

Acredito que todos irão concordar comigo que não há um símbolo infantil que desperte tanta emoção como o Papai Noel. E espero que a essa altura todos já tenham conhecimento do meu amor inabalável por J. R. R. Tolkien. Então, nada melhor que juntar o nosso #MêsdaFantasia + J. R. R. Tolkien + Natal!

Confesso que ao pegar Cartas do Papai Noel senti uma nostalgia da infância e uma pequena inveja de John, Michael, Christopher e Priscilla Tolkien. Todo ano os filhos de Tolkien escreviam suas cartas (às vezes mais de uma) para o Papai Noel e não eram apenas mensagens pedindo presentes, mas também trocando histórias sobre os acontecimentos do ano.


#Mês da Fantasia: Sombra e Ossos - Trilogia Grisha #01

Autora: Leigh Bardugo
Título Original: Shadow and Bone
Tradução: Eric Novello
Série: Trilogia Grisha
Editora: Gutenberg
Páginas: 288
Onde Encontrar: Submarino | AmazonBr 
Sinopse: Alina Starkov nunca esperou muito da vida. Órfã de guerra, ela tem uma única certeza: o apoio de seu melhor amigo, Maly, e sua inconveniente paixão por ele. Cartógrafa de seu regimento militar, em uma das expedições que precisa fazer à Dobra das Sombras – uma faixa anômala de escuridão repleta dos temíveis predadores volcras –, Alina vê Maly ser atacado pelos monstros e ficar brutalmente ferido. Seu instinto a leva a protegê-lo, quando inesperadamente ela vê revelado um poder latente que nunca suspeitou ter.A partir disso, é arrancada de seu mundo conhecido e levada da corte real para ser treinada como um dos Grishas, a elite mágica liderada pelo misterioso Darkling. Com o extraordinário poder de Alina em seu arsenal, ele acredita que poderá finalmente destruir a Dobra das Sombras. Agora, ela terá de dominar e aprimorar seu dom especial e de algum modo adaptar-se à sua nova vida sem Maly. Mas nesse extravagante mundo nada é o que parece. As sombrias ameaças ao reino crescem cada vez mais, assim como a atração de Alina pelo Darkling, e ela acabará descobrindo um segredo que poderá dividir seu coração – e seu mundo – em dois. E isso pode determinar sua ruína ou seu triunfo.

Olá leitores e leitoras, antes da chegada do esperado dia de Natal (dia de ganhar livros), eu trago para vocês a resenha de uma fantasia mágica e diferente de tudo que já li, o primeiro livro da Trilogia Grisha, da autora Leigh Bardugo.


Leigh criou um mundo só seu, e muito interessante por sinal, Ravka. Dentro do gênero, é difícil, nos dias de hoje, encontrar autores que consigam inovar de forma criativa e nos trazer algo novo. Adoro livros que nos apresentam isso, e a autora conseguiu, por isso merece um bom destaque no cenário da fantasia atual.

#Especial: Comic Con Experience 2015


Olá, leitores!!

Hoje eu trago para vocês um post muito especial sobre a Comic Con Experience 2015. Quem fica de olho nas nossas redes sociais já estão por dentro de algumas das maravilhas que encontramos no evento deste ano, mas aproveito esse post para destrinchar um pouco mais tudo o que vimos e sentimos durante o maior evento nerd no Brasil.

Convidados ilustres


Frank Miller no painel da CCXP 2015
O destaque e homenageado da #CCXP 2015 foi ninguém menos que Frank Miller! Para quem não o conhece, ele é um quadrinista conhecido pela linguagem sombria e fez história durante a década de 1960 ao criar um Batman anti-herói, violento e sem escrúpulos, enquanto todas as outras imagens dele eram heroicas e cômicas. Mas seu sucesso não se deve apenas ao Cavaleiro das Trevas! Frank também criou escreveu marcantes como Sin City, 300, Elektra: Assassina, Ronin, RoboCop vs Terminator, Eu, Wolverine e Demolidor.
Aproveitando sua primeira visita ao Brasil, a Panini Comics anunciou que o aguardado Cavaleiro das Trevas III: The Master Race, que será lançado nos EUA em 25 de novembro, chegará ao Brasil no início de 2016. Por isso, já aviso: preparem o bolso, galera!

#Mês da Fantasia: O Príncipe Mecânico - TID #2

Autora: Cassandra Clare
Título original: Clockwork Prince
Tradução: Rita Sussekind
Série: As Peças Infernais
Editora: Galera Record
Páginas: 406
Onde encontrar: Saraiva | AmazonBr | Extra
Sinopse: Tessa Gray não está sonhando. Nada do que aconteceu desde que foi de Nova York para Londres - ser sequestrada pelas Irmãs Sombrias, perseguida por um exército mecânico, traída pelo irmão e se apaixonar pela pessoa errada - foi fruto de sua imaginação. Mas talvez Tessa Gray, como ela mesma se reconhece, nem exista. O Magistrado garante que ela não passa de uma invenção. Para entender o próprio passado e ter alguma chance de projetar seu futuro, primeiro Tessa precisa entender quem criou Axel Mortmain, também conhecido como Príncipe Mecânico. 

Antes de começar a falar do livro, eu quero dizer que serei Team Will sempre, e sempre e sempre (haha). Os Herondale são os melhores e ponto final. Brincadeiras à parte, eu não sei nem dizer quão importante os livros da Cassandra Clare são para mim. A nossa gordinha maravilhosa possuiu o dom de nos fazer sofrer, amar, chorar e rir ao mesmo tempo. Na minha humilde opinião, acho a série As Peças Infernais um tantinho melhor que Os Instrumentos Mortais, mas os finais de ambas me fizeram chorar e me emocionar demais!

#Mês da Fantasia: Especial - O Hobbit


Se alguém me oferecesse uma única oportunidade de viajar no tempo para qualquer período existente no planeta Terra, eu gostaria de voltar alguns anos e ter a chance de conhecer J. R. R. Tolkien pessoalmente. Ele foi um gênio, um divisor de águas no gênero da fantasia e ainda conseguiu ser um marido e pai amoroso. É aquele exemplo de ser humano que todos nós devíamos ter ou pelo menos encontrar uma vez na vida.  

Em um mês dedicado à fantasia, nós – ou pelo menos eu (Carol) e a Camila – não poderíamos deixar de escrever um pouco mais sobre ele e sua arte. Para isso, escolhemos uma de suas obras mais conhecidas mundialmente: O Hobbit.

C. S. Lewis, autor de As Crônicas de Nárnia, escreveu para o The Times uma resenha sobre a primeira edição de O Hobbit, publicada em 1937, dizendo:

Todos que gostam daquele tipo de livro infantil que pode ser lido e relido por adultos deveriam prestar atenção em uma nova estrela que surgiu nessa constelação. Para os olhos treinados alguns personagens vão parecer quase mitopoéticos [...] Tolkien parece não ter inventado nada. Ele tem estudado a mitologia sobre trolls e dragões e os descreve com aquela fidelidade que vale por oceanos de “originalidade” loquaz.
Trecho retirado de J. R. R. Tolkien – O Senhor da Fantasia, de Michael White

#Mês da Fantasia: Harry Potter e a Câmara Secreta - HP #02



Autora: J. K. Rowlling
Título original: Harry Potter and the Chamber of Secrets
Tradução: Lia Wyler
Série: Harry Potter
Editora: Rocco
Páginas: 256
Onde encontrar: AmazomBRExtra | Saraiva 

Sinopse: Os Dursley foram tão mesquinhos e abomináveis durante aquelas férias de verão, que tudo o que Harry queria era voltar às aulas da Escola de Bruxarias de Hogwarts. No entanto, quando já terminava de fazer suas malas, Harry recebe um aviso de um estranho chamado Dobby, que diz que um desastre acontecerá caso Potter decida voltar à Hogwarts. Harry não liga para aquela mensagem e o desastre realmente acontece. Naquele segundo ano estudando em Hogwarts, novos horrores surgem para atormentar Harry, incluindo o novo professor Gilderoy Lockhart e um espírito chamado Murta Que Geme que assombra o banheiro feminino, além de olhares indesejados da irmã mais nova de Ron Weasley, Gina. Todos esses problemas, no entanto, parecem menores quando o verdadeiro problema começa e algo transforma os alunos de Hogwarts em pedra. Dentre os suspeitos: o próprio Harry. Descubra o fim desta aventura emocionante.

Olá, pessoal! O #MêsdaFantasia nos permitiu leituras e releituras sensacionais. Eu o estou adorando e espero que vocês também! Hoje falarei com vocês a respeito desse clássico incrível: Harry Potter. Eu resenhei o primeiro volume no começo do ano, vocês podem conferi-lo aqui.

Eu tenho duas edições da série, as capas clássicas e as capas brancas. Eu não me lembro, no entanto, se os miolos sofreram alterações, porque eu encontrei alguns erros de tradução e concordância nessa edição branca. Em alguns momentos as aspas foram mantidas para as falas, sendo que o padrão escolhido foram os travessões. O livro é um tanto duro também, às vezes foi difícil abri-lo. E é isso. São essas as considerações que eu tinha para fazer a a respeito do físico do livro.
Espero que gostem da resenha do segundo volume e que possam relembrar momentos bons da infância e adolescência junto comigo. Vamos lá?!

#Sorteio Minha Vida Dava Um Livro: Resultado!


Boa tarde leitores!! Mais um sorteio teve fim aqui no LOHS, e vamos ao resultado para ver quem foi o sortudo(a) que levará pra casa um exemplar do Minha Vida Dava Um Livro autografado pela Larissa Azevedo e pelo Guilherme Cepeda! :)

E o livro vai paraaaaaaaaaaaa...

#Lançamentos: Editora Arwen



Olá, pessoal! Trago para vocês as novidades de dezembro da Editora Arwen. Em breve começaremos a trazer essas novas resenhas! Espero que gostem e, por favor, não deixem de comentar por quais vocês se interessaram! 

A Escolhida, de Amanda A. Costa | 04/12
Sinopse: Em uma cidade repleta de pessoas desconhecidas, Ari poderia ser apenas mais uma garota perdida na multidão, como tantas outras que foram abandonadas pelos pais. Através de sua aparência impecável e feições delicadas, ninguém conseguiria supor quem ela é e o que gosta de fazer: Ari é um anjo com sede de sangue, sempre disposta a ceifar novas vítimas.
Porém, tudo muda quando é capturada por dois feiticeiros e levada para o círculo, lugar onde eles vivem sob a liderança de Egran, um líder cruel que não mede esforços para conseguir o que quer. Em meio a tantas mudanças repentinas, Ari terá de enfrentar suas próprias convicções a fim de descobrir um lado seu que não imaginava existir. Será que o amor vai fazer brotar a alegria em seu coração? Ou ele irá arrastá-la diretamente para a morte? Ari será capaz de finalmente superar seu passado sombrio ou irá sucumbir a ele, deixando pelo caminho mais um grande rastro de destruição?

#Mês da Fantasia: Sangue Mágico - Série Kate Daniels #01

Autor: Ilona Andrews
Título original: Magic Bites
Tradução: Flavia de Lavor
Série: Kate Daniels
Editora: Saída de Emergência
Páginas: 256
Onde Encontrar: AmazonBr | Americanas | Cultura | Saraiva | Submarino | Travessa


Sinopse: Se não fosse pela magia, Atlanta seria uma boa cidade para viver. No momento em que a magia domina, os carros param e as armas falham. Quando a tecnologia assume, os feitiços de proteção já não protegem sua casa dos monstros. Aqui, os arranha-céus são derrubados pelo ataque da magia; homens-lobo e homens-hiena rondam as ruas arruinadas; e os Mestres dos Mortos, necromantes impulsionados pela fome de poder, comandam vampiros com suas mentes.
Neste mundo, vive Kate Daniels. Kate gosta um pouco demais de usar sua espada e tem dificuldade de ficar calada. A magia em seu sangue a torna um alvo, e ela passa a maior parte da vida se escondendo no meio da multidão. Mas quando o guardião de Kate é assassinado, ela deve optar entre não fazer nada e manter-se segura ou perseguir o assassino sobrenatural. Esconder-se é fácil, mas a escolha certa nunca o é.

Escrito por Andrew Gordon e Ilona Gordon sob o pseudônimo Ilona Andrews, Sangue Mágico é o primeiro livro da série Kate Daniels, que já conta com oito volumes publicados no Estados Unidos e com mais dois títulos na fila de espera para a publicação. O casal, triste por sempre ler histórias que a magia desaparecia da Terra, resolveu criar uma fantasia urbana na qual o poder voltava cada vez mais forte e em maior quantidade ao mundo.

Assim, a saga publicada pela Saída da Emergência se passa em um futuro talvez não muito distante, no qual recebemos grandes ondas de magia que apagam qualquer tecnologia e dominam o planeta por determinado tempo. Por isso, enquanto o poder está no ar o mundo se transforma em feitiços, armas mágicas, luzes mágicas e carros movidos à magia, mas as luzes elétricas e as televisões param de funcionar. Quando a magia vai embora, a tecnologia volta – pelo menos até a próxima onda.

É nesse universo pós-apocalíptico que conhecemos Kate Daniels, uma afiliada da Associação dos Mercenários com um poder mágico muito raro em seu sangue e que faz o impossível para se manter escondida de todos aqueles que podem desejar a sua magia, além de aceitar diversos jobs que um ser humano comum não conseguiria resolver – como acabar com monstros sobrenaturais, por exemplo. 

#Lançamento: Star Wars - Episódio VII: O Despertar da Força


Olá leitores e leitoras, vim falar para vocês um pouco do que eu achei sobre o novo filme de Star Wars. Não poderíamos deixar de falar sobre ele no blog, então vamos lá, porque eu estou muito empolgada!
*Este post NÃO CONTÉM SPOILERS, É COMPLETAMENTE LIVRE DE SPOILERS. EU ODIARIA RECEBER UM E NÃO FARIA ISSO COM NINGUÉM.*

Sou fã desde pequena da franquia, não me lembro quantas vezes assisti aos filmes, li sobre o universo, brinquei de ser um Jedi, e estou pirando com as novidades que vêm surgindo a cada dia para nós, os fãs antigos, e para os novos fãs, que eu valorizo bastante. Sempre digo para alguns colegas: nunca é tarde para assistir e amar Star Wars. Vão em frente, não percam os filmes e o quão maravilhosa esta saga pode ser para você também.

E então eu assisti o Episódio VII: O Despertar da Força. E com certeza assistirei infinitas vezes mais. Por que? Porque J.J. Abrams conseguiu captar a essência da franquia e dar continuidade ao que mais amamos em Star Wars: a emoção.

#Mês da Fantasia: A Fortaleza do Dragão - Os Mistérios de Warthia #02

Autora: Denise Flaibam
Série: Os Mistérios de Warthia
Editora: Publicação Independente
Páginas: 400
Onde Encontrar: AmazonBr - Contato da Autora.


Sinopse: Depois de descobrir que seu destino está ligado ao destino daquele mundo, Serafine Delay está para confrontar o Reino mais traiçoeiro de Warthia. A escolhida dos Deuses precisa se fortificar para enfrentar a tormenta que tem pela frente e, para isso, contará com a ajuda do jovem Rei, Jon Tytos. O senhor do Oeste lhe oferece treinamento com os melhores arqueiros de toda Warthia, enquanto a garota disciplina sua mente para o controle da segunda arte elemental. As Trevas irão ressurgir e, com elas, antigos segredos terão suas respostas colocadas à mesa. Em meio ao jogo das sombras, até onde Serafine irá para salvar aqueles em quem confia? Em quem ela pode confiar?O passado de Ývela e Jarek volta para assombrá-los enquanto Guillian luta para manter o equilíbrio em meio a um quarteto atormentado. Na Fortaleza do Dragão, destinos irão colidir. 

Em A Profecia de Mídria (Resenha aqui), o primeiro livro escrito pela autora nacional Denise Flaibam, conhecemos a protagonista Serafine Delay e a profecia que muda sua vida para sempre ao completar seus dezoito anos. De acordo com a misteriosa profecia, e ela quem deve salvar o seu mundo, Warthia, da destruição. E ela não está sozinha em sua missão, afinal tem seus guardiões, o guerreiro Jarek, a sábia Ývela e Guillian, para protegê-la contra as trevas e os perigos que já enfrentaram e ainda enfrentarão juntos.

Como um segundo livro de uma quadrilogia, devemos estar cientes, como leitores, de que sempre será um livro de transição. Um livro para embasar o que nos foi apresentado no primeiro, e eu gosto muito disso. Vemos isso em A Fortaleza do Dragão. E, também, neste segundo livro veremos um pouco mais de cada personagem, de suas histórias, de seu passado e também de tudo que deixaram para trás, todos eles.

A história de A Fortaleza do Dragão continua a narrativa iniciada no primeiro livro. Serafine e seus guardiões seguem caminho pelo deserto para chegar ao Reino do Oeste, que tem como rei Jon Tytos e onde está localizado o próximo mestre da jovem. Mas chegar ao reino não será tão fácil como imaginam, aliás, nada é fácil para nossos guardiões queridos e para a escolhida!

#Mês da Fantasia: A Pirâmide Vermelha - As Crônicas dos Kane #01

Autor: Rick Riordan
Título original: The Red Pyramide
Tradução: Débora Isidoro
Série: As Crônicas dos Kane
Editora: Intrínseca
Páginas: 448
Onde encontrar: AmazonBr | Americanas | Cultura | Saraiva | Submarino | Travessa

Sinopse: Desde a morte da mãe, seis anos atrás, Carter Kane tem viajado o mundo com o pai, o brilhante egiptólogo Dr. Julius Kane. Ele não frequenta a escola e seus pertences cabem em uma única mala. Enquanto isso, Sadie, sua irmã mais nova, é criada pelos avós em Londres. Ela tem tudo o que Carter queria: casa, amigos e a chance de levar uma vida "normal". E ele tem tudo o que ela mais deseja: o convívio com o pai. Depois de tanto tempo separados, os irmãos não tinham praticamente mais nada em comum. Até agora. Na noite de Natal, Sadie e Carter estão juntos quando o pai os leva a uma visita ao British Museum, com uma estranha promessa: ele afirma que fará com que tudo volte a ser como antes. O plano, porém, não ocorre como o esperado, e os irmãos acabam assistindo ao momento em que o Dr. Julius Kane evoca um personagem misterioso, que num relance desaparece com o egiptólogo e provoca uma explosão magnífica. Abatidos pelo sumiço do pai, Carter e Sadie fazem uma descoberta ainda mais surpreendente: os deuses do Egito Antigo estão despertando, e Set, o mais perigoso deles, planeja algo terrivelmente assustador. Para salvar o pai, os irmãos embarcam em uma viagem perigosa - uma jornada que os conduz até muito perto da verdade sobre sua família e a ligação ancestral que há entre os Kane e a Casa da Vida, uma ordem secreta que existe desde a época dos faraós.

Olá leitores! O #MêsdaFantasia só está começando e como vocês estão vendo, ele está repleto de coisas boas. A resenha de hoje foi uma indicação da Carol aqui do blog, que estava angustiada por não termos nada do Rick Riordan postado (haha). Alguns já conhecem o Riordan pela famosa série Percy Jackson e os Olimpianos. Eu, por outro lado, não tinha lido nada do autor até agora. Apenas assisti aos dois primeiros filmes de Percy Jackson, mas a maioria (se não todos) do fandom não gostam do filme por não ser nada fiel ao livro. 

Pois bem, o livro A Pirâmide Vermelha é o primeiro volume da série As Crônicas de Kane, que também é publicada aqui no Brasil pela editora Intrínseca

#Mês da Fantasia: Entrevista com Mark Lawrence


É com imensa alegria que nós do #BlogLOHS trazemos para vocês, leitores, uma entrevista internacional com um dos autores de maior destaque na fantasia, atualmente, representando muito bem o gênero Dark Fantasy: Mark Lawrence. Espero que estejam gostando do nosso #MêsdaFantasia!

Mark Lawrence é um escritor nascido nos Estados Unidos e naturalizado também como inglês. Ele trabalhava como cientista de pesquisa no campo da inteligência artificial e ocupou o nível secreto do governos dos EUA e do Reino Unido antes de se tornar um escritor.  Autor de The Broken Empire (no Brasil: Trilogia dos Espinhos) e The Red Queen's War (no Brasil: A Guerra da Rainha Vermelha), publicados no Brasil pela Darkside Books e traduzidos em mais de 20 idiomas. Atualmente trabalha em uma nova trilogia e vive com a mulher e os quatro filhos na Inglaterra.
Junto de nomes como Brandon Sanderson, Michael J. Sullivan, Peter V. Brett e Joe Abercrombie, foi um dos maiores representantes entre os autores contemporâneos de sucesso da literatura fantástica adulta. Seus livros concorreram a vários prêmios, sendo finalistas no Prêmio Goodreads de "Melhor Fantasia de 2011 e 2012", e dos prêmios David Gemmell Morningstar e Prix Imaginales (Roman étranger) em 2013. Prince of Thorns foi também um dos Barnes and Nobles de melhores lançamentos de fantasia de 2011.

Vocês podem conferir a resenha de seu primeiro livro, "Prince of Thorns" aqui
Vamos a entrevista!

#Mês da Fantasia: Herdeira do Fogo - TOG #03



Autora: Sarah J. Maas
Título original: Heir of fire
Tradução: Mariana Kohnert
Série: Trono de Vidro
Editora: Galera Record
Páginas: 518
Onde encontrar: AmazonBR | Livraria Cultura | FNAC

Sinopse: Celaena ressurge das cinzas ainda mais forte e letal. E parte em uma jornada em busca de uma obscura verdade: uma informação sobre sua herança e seus antepassados que pode mudar sua vida e o futuro de dois reinos para sempre. Enquanto isso, forças sinistras começam a despontar no horizonte e têm planos malignos para dominar o seu mundo. Agora, depende de Celaena encontrar coragem para enfrentar tais perigos, além de seus próprios demônios, e fazer a escolha mais difícil da sua vida.

"Guess who's back... back again?" A Iza. Com o quê? Mais Sarah J. Maas para todos vocês! Gente, eu não sou um disco arranhado, ok? Juro que até o final do mês eu falarei sobre outros livros... Mas por enquanto, vamos falar de Herdeira do Fogo, o terceiro volume da série Trono de Vidro. Essa resenha contém spoilers dos volumes anteriores, então, estejam avisados! E lá no penúltimo parágrafo, eu comento brevemente uma das minhas cenas favoritas, mas nada de mais, então.. é isso. Boa leitura! 

O livro, dividido em duas partes (Herdeiras das Cinzas e Herdeira do Fogo), é narrado por Celaena, Chaol/Dorian/Aedion e Manon. Quem são essas personagens novas, vocês devem estar se perguntando. Calma, eu já vou explicar! Eu o considero um dos livros mais intensos até agora. Por quê? Porque é um ponto de virada na série. É quando veremos Celaena enfrentando mais do que o Rei, as chaves de Wyrd e monstros de outras dimensões, nossa assassina terá de enfrentar a si mesma e aceitar seu destino: se tornar quem nasceu para ser, a rainha de Terrasen. E essa, senhoras e senhores, será uma linda batalha a ser travada. 
"Porque Celaena era Aelin Ashryver Galathynius, herdeira do trono e legítima rainha de Terrasen." p. 27

#Sorteio - Blog Irmãos Livreiros + Blogs Amigos


Fala, galera! Beleza?

O Natal está chegando e aquela sensação gostosa de ganhar presentes fica pairando no ar e óbvio, a vontade de ganhar livros só aumenta. Pensando assim nós do Irmãos Livreiros elaboramos um fantástico sorteio juntamente com editoras e blogs parceiros: Editora Avec, Editora Selo Jovem, Livros: Ontem, Hoje e Sempre e Balaio de Babados finalizando nossa parceria com o escritor Andreas Nora onde serão sorteados 09 livros e diversos marcadores. E não para por aí, serão 4 sorteados. Esse sorteio é para deixar até o velhinho Noel de queixo caído!

#Mês da Fantasia: Mago Aprendiz – Saga do Mago #01

Autor: Raymond E. Feist
Título original: The Magician
Tradução: Cristina Correia
Série: Saga do Mago
Editora: Saída de Emergência
Páginas: 432
Onde Encontrar: AmazonBr | Americanas | Cultura | Saraiva | Submarino | Travessa

Sinopse: Na fronteira do Reino das Ilhas existe uma vila tranquila chamada Crydee. É lá que vive Pug, um órfão franzino que sonha ser um guerreiro destemido ao serviço do rei. Mas a vida dá voltas e Pug acaba se tornando aprendiz do misterioso mago Kulgan. Nesse dia, o destino de dois mundos altera-se para sempre.
Com sua coragem, Pug conquista um lugar na corte e no coração de uma princesa, mas subitamente a paz do reino é desfeita por misteriosos inimigos que devastam cidade após cidade. Ele, então, é arrastado para o conflito e, sem saber, inicia uma odisseia pelo desconhecido: terá de dominar os poderes inimagináveis de uma nova e estranha forma de magia… ou morrer.
Mago é uma aventura sem igual, uma viagem por reinos distantes e ilhas misteriosas, onde conhecemos culturas exóticas, aprendemos a amar e descobrimos o verdadeiro valor da amizade. E, no fim, tudo será decidido na derradeira batalha entre as forças da Ordem e do Caos.

Destinado a entrar no ar no #MêsdaFantasia, Mago Aprendiz, foi o primeiro livro publicado de Raymond E. Feist e um sucesso estrondoso. Considerado pela BBC (British Broadcasting Corporation) como um dos 100 melhores livros de todos os tempos, a primeira edição da Saga do Mago data de 1982, mas a obra publicada pela Saída de Emergência no Brasil é a tradução da versão de 1991, na qual o próprio escritor editou a obra para que ficasse perfeita – também conhecida como “Edição Preferida do Autor”.

Não há um gênero que eu goste mais que fantasia. E toda vez que penso no estilo, me vem a fantasia épica tão consagrada por J. R. R. Tolkien. Eu sei que o gênero é muito mais que Tolkien, mas como diria minha tia “o amor é cego, surdo e mudo”, ou seja, nunca discuta que seu gosto é melhor que o meu, simplesmente aceite as opiniões diferentes.

De uma forma resumida, desde O Senhor dos Anéis não havia encontrado outra fantasia épica que me atraísse tanto dentro até eu pegar Mago Aprendiz

#Mês da Fantasia: Trono de Vidro | Rapidinha + Entrevista Traduzida



Imagem de Apageon of Heaven - capas americanas

Olá, leitores! Adivinha quem está escrevendo esse post? Isso mesmo!, a Iza. Por quê? Porque eu sou absurdamente fã de Sarah J. Maas e não me canso de falar sobre os livros dela. A #Rapidinha de hoje será sobre a série Trono de Vidro, lançada em 2012 nos EUA. Já foi traduzida para mais de 23 línguas e chegou ao Brasil, em 2013, pela Galera Record.

Sarah J. Maas escreveu os esboços desse mundo quando tinha 16 anos, e os publicou como fanfics. Tamanho foi o sucesso entre os leitores, que a história de Celaena ganhou o mundo. A previsão é que, ao todo, a série possua seis livros. Não que eu vá reclamar se ela resolver escrever mais, de forma alguma! Lançados aqui no Brasil, temos A Lâmina da Assassina (histórias em contos, anteriores a Trono de Vidro), Trono de Vidro, Coroa da Meia-Noite, Herdeira do Fogo, Rainha das Sombras, Império de Tempestades (Tomos I e II); Tower of Dawn (TOG #06), previsto para lançamento em 5 de setembro de 2017 nos EUA!  

#Parceria: Editora Arwen



Oi, pessoal! Estou muito feliz em poder trazer para vocês mais uma parceria que o LOHS conseguiu! À partir de 15 de dezembro faremos parte da história de sucesso que a Editora Arwen está construindo para si. Agradecemos a oportunidade e a confiança no LOHS e esperamos realizar um excelente trabalho como blogueiras parceiras. Agradecemos, também, aos leitores do blog e aos blogs amigos, sem vocês não teríamos essa oportunidade! Que tal descobrirmos mais um pouquinho à respeito da editora e de seus livros?



#Mês da Fantasia: Prince Of Thorns - Trilogia dos Espinhos #01

Autor: Mark Lawrence
Título Original: Prince of Thorns
Tradução: Antônio Tibau
Série: Trilogia dos Espinhos
Editora: Darkside Books
Páginas: 360
Onde Encontrar: AmazonBr | Submarino | Saraiva

Sinopse: Ainda criança, o príncipe Honório Jorg Ancrath testemunhou o brutal assassinato da Rainha mãe e de o seu irmão caçula, William. Jorg não conseguiu defender sua família, nem tampouco fugir do horror. Jogado à sorte num arbusto de roseira-brava, ele permaneceu imobilizado pelos espinhos que rasgavam profundamente sua pele, e sua alma. O príncipe dos espinhos se vê, então, obrigado a amadurecer para saciar o seu desejo de vingança e poder. Vagando pelas estradas do Império Destruído, Jorg Ancrath lidera uma irmandade de assassinos, e sua única intenção é vencer o jogo. O jogo que os espinhos lhe ensinaram.

Prince of Thorns é um livro que destaca um sub gênero da fantasia que as pessoas não se aventuram muito, a Dark Fantasy. É possível ver as características deste gênero em momentos sombrios da história, bem como em situações perturbadoras e até sobrenaturais  vividas pelo personagem principal, Jorg.

Príncipe Honório Jorg Ancrath é o filho mais velho do Rei Olidan. O herdeiro do trono sofre um cruel golpe do destino que mudou não apenas sua vida, mas também a pessoa que ele se tornaria. Em uma noite fria na estrada, viajando com sua mãe e seu irmão mais novo, William, eles são atacados pelo Conde Renar e seus soldados. Jorg é atirado em uma roseira-brava, e fica preso, sentindo os espinhos perfurando sua pele e rasgando sua carne, enquanto sua mãe e irmão são brutalmente assassinados pelo Conde. E ele permanece ali, assistindo entre os espinhos, esperando a morte. Mas a morte não o alcança a tempo.

Resgatado pelos soldados de seu pai, o pequeno Jorg nunca mais será o mesmo. Traumatizado com o que presenciou, o príncipe desenvolve um comportamento doentio, passa a gostar de machucar as pessoas, de tortura e coisas piores. Mesmo com seu dedicado tutor tentando doutriná-lo da melhor forma possível, agora existe uma sombra que o acompanha e aterroriza sua mente: seu passado.

#Mês da Fantasia: Entrevista com Renan Carvalho

Renan Carvalho com a primeira edição de Supernova, publicada pela Novo Século - Foto: Divulgação

Como esse é um mês muito especial para nós do #blogLOHS, pretendemos trazer aos nossos leitores uma enxurrada de informações e novidades, além de alguns sorteios, com o enfoque no gênero fantástico. Neste #MêsdaFantasia, o primeiro entrevistado é o brasileiro Renan Carvalho.

Formado em marketing, Renan é autor da série Supernova. Com dois livros publicados, O Encantador de Flechas em 2013 e A Estrela dos Mortos agora em 2015, a saga já tem uma previsão de lançamento do terceiro volume, O Satélite de Ferro, para 2017.

O autor confessa que trabalho no universo de Supernova desde os 12 anos, inspirado por jogos de RPG, desenhos animados, quadrinhos e alguns best sellers, como Harry Potter e Jogos Vorazes.

Seu primeiro livro, O Encantador de Flechas, surgiu de uma reflexão de Renan sobre o Brasil e os problemas enfrentados por tantos brasileiros. A cidade de Acigam – palco da história – traz uma soma dos maiores infortúnios que encontramos até hoje no país, como falta de infra-estrutura, impostos altos, corrupção e serviços públicos precários. Você pode checar a resenha aqui.

Nós queríamos saber um pouco mais sobre a história, a série e o próprio autor, por isso checamos com o Renan se ele teria como participar de uma entrevista para o blog. E agradeço mais uma vez por ele abrir um tempo em sua agenda corrida e responder nossas questões.

Espero que vocês se divirtam tanto quanto nós!

#Mês da Fantasia: Sorteio Especial de Natal - Box de Harry Potter



Leitores e leitoras! O fim do ano está chegando, e 2015 foi um ano muito especial para o nosso blog! Nós crescemos muito, tanto em números, seguidores, leitores que participam, amigos blogueiros e autores queridos. Mas também como leitoras, como blogueiras e também com a Carol se juntando a nós nessa empreitada. Tudo que fazemos aqui, fazemos por amor aos livros, e a quem os escreve! Amamos o blog, e mesmo que nos tire o sono em muitas noites, nos dê trabalho, exija muito de nós, é algo que fazemos com o coração!!

#Mês da Fantasia: Filho das Sombras - Sevenwaters #02

Autora: Juliet Marillier
Título original: Son of the Shadows
Tradução: Yma Vick
Série: Sevenwaters
Editora: Butterfly
Páginas: 616
Onde Encontrar: AmazonBr | Americanas | Cultura | Saraiva | Submarino | Travessa


Sinopse: Filho das Sombras narra a história da jovem Liadan, que, tal como a sua mãe, Sorcha, herdou a habilidade de falar com os espíritos da floresta, os quais lhe segredam que ela deve permanecer, para sempre, em Sevenwaters, se quiser que as ilhas Sagradas sejam retomadas dos bretões. A Irlanda está numa avassaladora guerra, onde um misterioso homem é temido e reconhecido como um mercenário feroz. E, assim como sua mãe no passado, ela acaba por ser capturada e sente-se cada vez mais atraída pelo ser das sombras, apesar de saber da maldição da profecia que Seres da Floresta lhe preveniram... 
Olá leitores do LOHS! Comecei muito bem o #MêsdaFantasia! Amei e me emocionei com Filha da Floresta (resenha aqui), primeiro volume da série Sevenwaters e com o segundo livro, Filho das Sombras, não foi diferente.

Um dos pontos muitos positivos desse livro é que a autora deu continuidade à série através dos filhos de Sorcha, a heroína do primeiro volume. Mas mesmo sendo focado na nova geração da família Collum, o livro ainda traz alguns dos personagens tão amados de Filha da Floresta.
Red e Sorcha, casal que protagonizou a primeira obra, tiveram três filhos: Niamh, uma garota um pouco mais fútil e que não tem noção da sorte que tem, Liadan e seu gêmeo, Sean. Do mesmo modo que Sorcha e seus irmãos, Liadan e Sean possuem a habilidade de se comunicar mentalmente. 

Apesar de Nianh ser mimada, o trajeto dela é cheio de percalços e dores, assim ela se mostra como uma pessoa forte. Já Sean foi treinado por seu tio Liam desde o início para se tornar um grande líder e guerreiro, por isso tem a mentalidade um pouco mais fechada para os assuntos de uma forma geral.
Liadan é a mais tranquila dos irmãos, sempre grata pela vida que tem e apaixonada pela floresta. Consegue manter as mesmas tradições de Sorcha com o dom da cura e está sempre disposta a ajudar o próximo. Ela também se mostra muito forte e essa força faz com que o leitor lembre do primeiro livro e dos sofrimentos que Sorcha passou. Essa força é muito bonita de se ler, pois vem do amor aos seus entes queridos.

Aliados de Sevenwaters, vamos conhecer ainda um novo clã, formado por Eamonn e sua irmã Aisling, que terá papel fundamental no desenrolar da história e na luta contra os bretões.

Do outro lado, somos apresentados a um clã de mercenários, que é liderado pelo Homem Pintado, apelido dado a um homem com a metade do rosto tatuada, também conhecido como Bran. Com fama de malvados, esses mercenários irão inicialmente aterrorizar Liadan e sua família.

#Sorteio de Verão - Blog Queria Estar Lendo + Blogs Amigos


Não acharam que a gente ia deixar o fim de 2015 passar em branco agora que ele finalmente chegou, né? Para comemorar este mês, nada de sorteio de natal. Tem sorteio de verão mesmo <3
Dando continuidade ao nosso ‪#‎LeituradeVerão‬, trazemos um sorteio em conjunto com outros 7 blogs: Livros Ontem, Hoje e Sempre; Surtando com Palavras; Blog Coração de Papel; Blog A. Constantino Brandão; Livroterapias; Página Literatura Nacional BR e Livros Viajantes!

Para participar é só seguir as regras abaixo e se inscrever nos formulários!

#Mês da Fantasia: Corte de Espinhos e Rosas - ACOTAR #1

Autora: Sarah J. Maas
Título original: A Court of Thorns and Roses
Tradução: Mariana Kohnert Medeiros
Série: Corte de espinhos e rosas  
Editora: Galera Record
Páginas: 434
Onde encontrar: Buscapé!

Sinopse: Em Corte de Espinhos e Rosas, um misto de A Bela e A Fera e Game of Thrones, Sarah J. Maas cria um universo repleto de ação, intrigas e romance. Depois de anos sendo escravizados pelas fadas, os humanos conseguiram se libertar e coexistem com os seres místicos. Cerca de cinco séculos após a guerra que definiu o futuro das espécies, Feyre, filha de um casal de mercadores, é forçada a se tornar uma caçadora para ajudar a família. Após matar uma fada zoomórfica transformada em lobo, uma criatura bestial surge exigindo uma reparação. Arrastada para uma terra mágica e traiçoeira — que ela só conhecia através de lendas —, a jovem descobre que seu captor não é um animal, mas Tamlin, senhor da Corte Feérica da Primavera. À medida que ela descobre mais sobre este mundo onde a magia impera, seus sentimentos por Tamlin passam da mais pura hostilidade até uma paixão avassaladora. Enquanto isso, uma sinistra e antiga sombra avança sobre o mundo das fadas e Feyre deve provar seu amor para detê-la... ou Tamlin e seu povo estarão condenados.
Vocês sabem que eu amo essa autora, não? Então segura a emoção, porque essa resenha será longa! Sarah escreve personagens femininas maravilhosamente fortes, heroínas em todos os sentidos (falei um pouco sobre o assunto nesse post de introdução. Se quiserem, posso até escrever algo mais elaborado sobre a jornada do herói, caso tenham interesse!). Em TOG, nós temos uma guerreira; em ACOTAR, uma caçadora. Elas podem ser parecidas num primeiro momento, porém suas bases são completamente diferentes. Celaena e Feyre, nossa protagonista e narradora, são duas personagens complexas, únicas e lindamente criadas.

Corte de Espinhos e Rosas é o primeiro livro da série ACOTAR (acrônimo em inglês). É uma releitura do conto A Bela e a Fera, com pequenos toques de Cinderela. Aí você me pergunta, mas não é Trono de Vidro a releitura de Cinderela? E eu te respondo: Sim! Porém, Feyre possuiu duas péssimas irmãs (assim como Cinderela, mas falaremos mais sobre isso mais tarde). Antes de falar da história em si, gostaria de tecer algumas considerações.

Adorei o novo design que a Galera Record criou para a edição brasileira! Achei nossa capa muito mais bonita do que a americana: os arabescos florais são muito significativos e a editora conseguiu manter isso, mesmo que de maneiras diferentes; as cores dessa capa são esplêndidas! Fiquei apaixonada. Por dentro, a diagramação está caprichada, as aberturas de capítulo são fofas e as letras são muito confortáveis. No entanto, pecaram na revisão. Há diversos erros, detalhes que uma boa releitura poderia ter pegado; não é nada que atrapalhe a leitura, fiquem tranquilos, mas fica aí, né?

Dito isso, vamos falar sobre como foi ler esse livro?

Resultado Top Comentarista de #Novembro + Top Comentarista de #Dezembro


Olá leitores e leitoras! Chegamos ao final do mês de Novembro e com o início do último mês do ano, vamos finalizar mais um Top Comentarista e dar início a outro!! 
Tivemos muitos participantes novamente e adoramos ler todos os comentários das resenhas. Obrigada por visitarem o blog e por participarem do Top! Vamos ao resultado :D



Nós checamos manualmente cada postagem de Resenha do mês de Novembro, que são as participantes do nosso Top Mensal.

Segue a tabela de participantes e os classificados para o sorteio final. 

Boa sorte! :)

#Mês da Fantasia: Fantasy Book TAG


Olá, leitores! Nosso mês de dezembro começou em com ótimas novidades: uma delas é o #MêsdaFantasia. As verdadeiras amantes do gênero são a Camis e a Carol, mas nunca é tarde para aprender a amar esse lindo estilo de escrita que nos faz viajar outros mundos e realmente acreditar que tudo é possível. 

Primeiramente, se você ainda tem dúvida sobre o que é fantasia, a Iza fez um post super interessante sobre o assunto e vocês podem conferir o post clicando aqui. Acredito que mesmo aqueles que nunca leram J.R.R. Tolkien sabem que ele é considerado mestre no gênero. Títulos como Senhor dos Anéis e Hobbit fizeram dele um autor amado por muitos, mas também quem não amaria?! (haha).  Eu adentrei a esse universo com os livros de Harry Potter, e posso dizer que J.K. Rowling mudou minha vida. Eu li Harry Potter e a Pedra Filosofal quando o terceiro filme da franquia estava sendo feito, e foi assim que a paixão começou. Eu era bem novinha, e achava o máximo ler uma história em que os personagens tinham quase a mesma idade que eu, era como se eu fizesse parte daquilo. 

#Mês da Fantasia: O Encantador de Flechas – Supernova #01

Autor: Renan Carvalho
Série: Supernova
Editora: Novas Páginas
Páginas: 408
Onde Encontrar: AmazonBr | Americanas | Cultura | Saraiva | Submarino | Travessa

Sinopse: Imersa em uma ditadura implacável, a isolada cidade de Acigam sofre com a ameaça da guerra civil. De um lado, a Guilda, um grupo que utiliza os ensinamentos da Ciência das Energias para exigir direitos para a população. Do outro, um governo tirano, resguardado por soldados especialistas em aniquilar magos – nome vulgar dado aos praticantes da tal ciência. No meio desse conflito vive Leran, que, após ser tragado para a rebelião, tenta aprender mais sobre sua misteriosa habilidade de encantar objetos com a energia dos elementos.

Hoje eu começo nosso #Mês da Fantasia com uma obra 100% nacional, criada pelo marqueteiro Renan Carvalho: O Encantador de Flechas, primeiro livro da série Supernova. Inspirado por problemas comuns aos brasileiros, como falta de infraestrutura e corrupção, Renan, criou um protagonista que tenta mudar as mesmas questões em sua cidade, Acigam.

Leran Yandel é o personagem principal da história. O jovem está para finalizar os estudos e não acredita ter perspectiva alguma no futuro além de cuidar da loja do avô ou entrar para o exército – sendo que nenhuma das duas o atrai. Isso porque a cidade onde vive, Acigam, é isolada do resto do mundo por altos muros e vigiada pelos guardas para que ninguém entre ou saia. Sendo assim, as opções de trabalho são restritas.

Vivendo uma vida aparentemente normal de um garoto da classe média, Leran nos revela seu dia-a-dia na cidade, sua apatia pela escola – exceto pela aula de arco e flecha, na qual ele é o melhor dos alunos –, seu relacionamento com a mãe (Laura Yandel), a irmã (Luana Yandel) e o avô (Bretor Yandel) – o pai (Caio Yandel) morreu anos atrás – e também o seu maior segredo: durante as horas livres, seu avô o ensina sobre a ciência proibida, a verdadeira ciência que a escola nega existir.

É com um tom de distopia, que conhecemos uma cidade que parou no tempo e que não permite qualquer tipo de ensinamentos científicos, também conhecidos vulgarmente como magia.

#Mês da Fantasia: O Que é Fantasia?


Olá, leitores! Eu tenho a honra de informar a vocês que dezembro será um mês muito especial! Por quê? Porque nós quatro preparamos um calendário recheado de sorteios, resenhas e entrevistas completamente voltados para a Fantasia. Levando em conta nosso amor pelo gênero, eu abrirei o mês falando um pouquinho sobre o que é, como ele surgiu e de que modo está sendo trabalhado hoje em dia. Espero que vocês gostem e que possam aproveitar dezembro assim como nós adoraremos escrevê-lo para vocês!

Como Surgiu?


Existe um livro maravilhoso, Cambridge Companion to Fantasy Literature, que fala a respeito do gênero. Meu sonho é comprá-lo, porém ele está muito caro ainda. Enquanto isso, eu pego o livro do meu incrível professor emprestado. Esse texto terá como base alguns capítulos desse livro, caso tenham interesse!

Os Bons Segredos

Autora: Sarah Dessen
Título original: Saint Anything
Tradução: Cristian Clemente
Editora: Seguinte
Páginas: 408
Onde Encontrar: AmazonBr | Cultura | Saraiva | Submarino | Travessa


Livro cedido pelo Grupo Companhia das Letras, do qual a Editora Seguinte faz parte.

Sinopse: Sydney sempre se sentiu invisível, já que Peyton, seu irmão mais velho, era o foco da atenção da família. Até que ele causa um acidente por dirigir bêbado, deixando um garoto paralítico, e vai para a prisão. Sydney parece ser a única a responsabilizá-lo, ao contrário de seus pais, que enxergam o filho como vítima.
Para fugir do clima insuportável em casa, certa tarde Sydney entra numa pizzaria ao acaso. Lá conhece Layla, filha do dono do restaurante, e a amizade entre as duas é instantânea. Logo Sydney se vê contando à garota segredos que ninguém mais sabe, e encontra entre a família dela um espaço onde todos a enxergam e a aceitam como é.
Os bons segredos é o romance mais profundo de Sarah Dessen, uma das maiores referências do gênero jovem adulto nos Estados Unidos. Com uma série de personagens inesquecíveis e descrições gastronômicas de dar água na boca, ela conta a história de uma jovem que tenta encontrar seu lugar no mundo e acaba descobrindo a amizade, o amor e uma nova família no caminho.

Outro dia eu estava discutindo com a Camila (aqui do #blogLOHS) sobre meus traumas com livros que tenham aliens – porque até hoje nunca li um que gostei de fato – e ela disse para mim a seguinte frase: “a questão não é se tem aliens e sim se o livro é bom e ponto final”. Fiquei refletindo isso por algum tempo e confesso que ela tem razão, sabe? Minha mãe gosta de ler romances históricos e contos de Natal, mas ainda assim – até hoje – ela é apaixonada por O Senhor dos Anéis (foco no Aragorn) e isso se deve ao fato da história ser muito boa.

Por que estou dizendo isso? Porque, para quem não me conhece pessoalmente ainda, estou passando por algumas questões problemáticas envolvendo o trabalho, minha família, a crise, uma casa velhíssima e animais doentes. Por conta dessa fase difícil, estava procurando apenas histórias leves e engraçadas como válvula de escape. O que eu não sabia ainda é que precisava de um livro bom, com uma dose certa de drama e um enredo que traz uma garota que deve seguir em frente – após muita solidão e tristeza – para achar um futuro iluminado. Eu precisava mesmo é de Os Bons Segredos.

Devo confessar, porém, que o livro chegou às minhas mãos apenas por conta do poder divino que me auxiliou a vencer uma feroz batalha de par ou ímpar contra a Iza (aqui do #blogLOHS) – para quem tem dúvidas, escolhi ímpar. Deve ser o destino! ;)

Seguidores

No Instagram @bloglohs

Vem pro Facebook